Esportes

Remo pode pegar Vasco em jogo da Copa do Brasil na Arena da Amazônia

A informação foi passado pelo presidente do clube paraense, André Cavalcante, que na manhã de ontem, em entrevista a uma rádio de Belém, falou sobre o assunto - foto: divulgação

A informação foi passado pelo presidente do clube paraense, André Cavalcante, em entrevista a uma rádio de Belém – foto: divulgação

Com a redução da capacidade do estádio Olímpico do Pará (Mangueirão) para apenas 25 mil pessoas, o Remo estuda a possibilidade de mandar o confronto diante do Vasco, pela primeira fase da Copa do Brasil, no dia 13 de abril, na Arena da Amazônia Vivaldo Lima. A informação foi passado pelo presidente do clube paraense, André Cavalcante, que na manhã de ontem, em entrevista a uma rádio de Belém, falou sobre o assunto.

“Está acontecendo que querem transformar um estádio de 40 anos em uma arena, é impossível. O Mangueirão está diminuindo, atendendo uma série de exigências. É preciso chegar a um entendimento para resolver o problema do Mangueirão. Como gestor, não posso ficar esperando a coisa se resolver e, de fato, existe uma hipótese em estudo para que a partida contra o Vasco aconteça em Manaus”, disse Cavalcante.

A Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel) informou que até o momento não foi procurada por nenhum dirigente dos clubes envolvidos e nem por empresários interessados em trazer o jogo para a Arena da Amazônia.

Por André  Tobias

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir