Cultura

Releitura d’A Sagração da Primavera’ terá entrada franca no Teatro Amazonas

A obra mundial completou 100 anos em 2013 – foto: divulgação

A obra mundial completou 100 anos em 2013 – foto: divulgação

Obra fundamental do balé moderno mundial, a releitura amazonense do espetáculo ‘A Sagração da Primavera’ será apresentada com entrada franca, no próximo dia 21, às 20h, no Teatro Amazonas.

A obra mundial completou 100 anos em 2013, quando os coreógrafos Adriana Goes e André Duarte retiram a obra do seu contexto inicial e fazem uma releitura imersa na cultura indígena com o Corpo de Dança do Amazonas.

A sagração, desde então, se passa no Ritual da Moça Nova, cultura característica da tribo Tikuna, onde uma jovem índia, ao menstruar pela primeira vez, é retirada do convívio social e no período de reclusão a menina moça, Worecü, para dedicar-se a trabalhos manuais intimamente ligados às mulheres.

O sucesso foi tão intenso que segue por dois anos de apresentação e será novamente exibido, em 36 minutos de muita emoção, com a música de Igor Stravinsky.

Para o secretário de Estado da Cultura, Robério Braga, ‘A Sagração da Primavera’, ambientada sob o ponto de visto de Worecü, é um diferencial especial que destaca a obra, mas sob os aspectos da cultura amazônica.

“Vamos proporcionar um espetáculo imperdível, tanto pela beleza e talento dos artistas amazonenses, quanto pelo contexto indígena retratado, o que ressalta as características do nosso Estado junto a uma obra mundial”, declarou.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir