Mundo

Relação entre governo e imprensa era melhor com Bush, diz jornalista

A repórter do ‘The Washington Post’ Dana Priest, duas vezes ganhadora do prêmio Pulitzer, criticou neste sábado (4) o governo de Barack Obama por sua relação com a imprensa.

“Sob esse aspecto, é muito pior que a do [ex-presidente George W.] Bush, com mais investigações sobre vazamentos para jornalistas”, disse a jornalista durante o 10º Congresso Internacional de Jornalismo Investigativo, em São Paulo.

Especializada na cobertura dos serviços de inteligência e militares americanos, Priest detalhou o trabalho realizado na matéria especial ‘Top Secret America’, que esmiúça o crescimento do número de empresas privadas destinadas ao combate ao terrorismo nos EUA e de seu faturamento desde 2001.

Apesar de destacar a importância da tecnologia em sua apuração, a jornalista destacou que o ponto de partida para a sua matéria aconteceu quando ela notou uma mudança na paisagem urbanística de Washington, com o surgimento de edifícios enormes e sem qualquer identificação em suas fachadas nos últimos anos.

BEZOS

A jornalista ainda comentou a compra do ‘Post’ pelo bilionário Jeff Bezos, criador e dono da Amazon. “Foi uma total surpresa, ninguém estava esperando, e a primeira reação foi: ‘O que diabos isso vai significar para a gente?'”, disse.

“Mas no final foi ótimo, ele colocou muito dinheiro e nunca se envolveu com a produção de conteúdo. Ele pensa em termos de negócios, o que é ótimo, já que antes pediam para os jornalistas fazerem isso”, afirmou. “Não sei pensar nisso, e nem deveria. Preciso me concentrar em fazer reportagens”.

Próxima dos serviços de inteligência americanos, Priest minimizou a espionagem da NSA (Agência de Segurança Nacional) sobre outros líderes mundiais, como a presidente Dilma Rousseff e chanceler alemã Angela Merkel.

“Não foi surpresa para nenhum dos espionados. Fingiram indignação por questões de política interna, mas nunca ninguém cogitou romper relações com os EUA por causa disso”, disse.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir