Sem categoria

Reintegração de posse desocupa 17 casas invadidas no Conjunto Cidadão 10, Zona Oeste

A reintegração de posse foi cumprida pela Polícia Militar, desde as 6h da manhã - foto: colaborador EM TEMPO Online

A reintegração de posse foi cumprida pela Polícia Militar, desde as 6h da manhã – foto: colaborador EM TEMPO Online

Dezessete imóveis ocupadas de forma irregular no Conjunto Cidadão 10 (atual Viver Melhor 1), no Parque Riachuelo, Zona Oeste de Manaus, foram alvo de uma reintegração de posse na manhã desta terça-feira (27). A área pertencente à Superintendência Estadual de Habitação (Suhab) e vinha sendo invadida há cerca de um ano e meio.

O mandado de reintegração de posse foi cumprido pela Polícia Militar, que iniciou o trabalho por volta das 6h da manhã.

Além da dos militares, a ação também contou com o apoio de agentes do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito de Manaus (Manaustrans), homens do Corpo de Bombeiros, equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e da própria Suhab.

As 17 famílias invasoras foram avisadas durante a sexta (23) e o sábado (24) sobre o trabalho de reintegração que seria realizado hoje por um oficial de justiça, mas, mesmo assim, continuaram no local, acreditando que não iria acontecer. “Todos estavam cientes de que deveriam sair, mas alguns preferiram sair no último momento”, afirmou o oficial de justiça  Francisco Fonseca.

A reintegração ocorreu de forma pacífica.

Segundo nota enviada pela Suhab á redação do EM TEMPO Online, a ação judicial foi movida em 2014 e agora que está sendo cumprida conforme ofício expedido pela 2º Vara da Fazenda Pública Estadual.

“O Conjunto Viver Melhor I é destinado para as famílias em condições de vulnerabilidade social e que a contratação é através da concessão de uso. Sobre a ocupação dessas casas foram destinadas a 17 famílias que tenham pessoas cadeirantes, autistas, crianças com deficiência mental e pacientes renais crônicos aguardando fila de transplante”.

Quanto aos invasores, a nota informa que “o governo do Estado, em parceria com Suhab, tem a política de combater essa prática e trabalhar para o bom desenvolvimento habitacional do Estado”.

Por equipe EM TEMPO Online

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir