Mundo

Refugiados cruzam rio para furar bloqueio e são detidos na Macedônia

Nesse cenário, muitos refugiados estão dispostos a tentar fazer a travessia a outros países da Europa em condições arriscadas. - foto: divulgação

Nesse cenário, muitos refugiados estão dispostos a tentar fazer a travessia a outros países da Europa em condições arriscadas. – foto: divulgação

O Exército e a polícia da Macedônia detiveram centenas de refugiados que atravessaram ilegalmente a fronteira da Grécia para o país nesta segunda (14), desafiando um bloqueio que vigora desde o dia 8 de março na região.

Em um cenário classificado pela agência “Associated Press” como “caótico”, mais de 2.000 refugiados enfrentaram a chuva, atravessaram um rio e derrubaram uma cerca para chegar ao território macedônio. Entre eles, dezenas de crianças.

A travessia do rio pode ser perigosa. Nesta segunda (14), a polícia encontrou três corpos -de dois homens e uma mulher- no rio Suva Reka, próximo à fronteira.

Segundo autoridades da Macedônia, também foram encontrados 33 migrantes escondidos em um trem de carga com o objetivo de cruzar a fronteira ilegalmente. Originários de Afeganistão, Líbia e Síria, eles foram entregues à polícia.

Cerca de 14 mil pessoas estão concentradas em um acampamento de refugiados nas imediações da cidade grega de Idomeni, aguardando autorização para cruzar a fronteira até a Macedônia e, do país, seguir viagem a outros países europeus mais prósperos. No entanto, as fortes chuvas dos últimos dias deixaram as condições de alojamento ali ainda mais precárias.

Por Folha Press

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir