Esportes

Rede municipal de ensino encerra Municipíadas com disputas na Vila Olímpica

A 19ª Municipíadas e 1ª Paramunicíadas chegou ao fim neste final de semana com saldo positivo, segundo a coordenação do evento. Foram mais de três meses de disputas, desde as seletivas até as finais, onde cerca de 10 mil alunos participaram de competições em 12 modalidades esportivas, entre futsal, futebol, queimada, vôlei e atletismo.

A Vila Olímpica de Manaus, na zona Centro-Oeste da capital, foi palco do encerramento do evento, realizado pela Secretaria Municipal de Educação (Semed). No local, foram realizadas as semifinais e finais do atletismo, vôlei, futsal e zarabata, novidade nesta edição dos jogos.

De acordo com a coordenadora técnica das Municipíadas, Eneida Afonso, mesmo com a situação financeira delicada que vive o país, a secretaria não mediu esforços para a que competição acontecesse e conseguiu manter o mesmo padrão de qualidade, oferecendo transporte para os atletas e medalhas para os primeiros colocados.

“Esse ano nós fizemos de uma forma diferente, começando com os jogos interclasse nas escolas e depois as seletivas em todas as zonas. As finais foram realizadas em quatro dias, com cerca de 1,5 mil alunos e sem nenhum problema técnico e com sentimento de dever cumprido”, afirmou, lembrando que o principal objetivo da competição é desenvolver pedagogicamente os estudantes.

Competições

Nem a chuva do último final de semana foi capaz de esfriar as provas de atletismo. Nas arquibancadas, a torcida vibrava a cada competição. Na prova mais esperada, a aluna Mayra Solene Freitas,14, da Escola Municipal São Luiz, confirmou o favoritismo e conquistou o tricampeonato nos 250 metros livres feminino. A atleta, que chama atenção por seu porte físico – tem 1,80 metros de altura – venceu com o tempo de 39 segundos e 44 milésimos.

“Estou muito feliz. Conquistei a minha 13ª medalha com essa agora. Todo o esforço de treinar duas vezes por semana valeu a pena. É muito gostoso vencer”, afirmou Mayra.

A novidade na edição de número 19 das Municipíadas foi a competição de zarabata. Sem muita intimidade com o esporte, Douglas de Assis, 14, também da Escola São Luiz, foi desafiado pelo professor de educação física a praticar o esporte. Dois meses depois, os treinos surtiram efeito e ele foi o primeiro campeão da categoria.

“Eu aprendi na escola e treinava lá também. Eu gosto de futsal, mas fui campeão na zarabatana. Eu gostei, vou continuar praticando e no outro ano estarei aqui de novo”, prometeu Douglas.

Além das competições realizadas na Vila Olímpica, a final do futebol de campo foi realizada no Estádio Municipal Carlos Zamith, no bairro do Coroado, zona Leste.

Parceria

Os jogos tiveram apoio dos alunos do curso de educação física da Faculdade La Salle. Segundo o professor Claudeílson Farias, os mais de 50 acadêmicos do 3º período puderam vivenciar a prática do atletismo, matéria que estão estudando em sala de aula. “Vale muito como experiência para eles e vindo para cá é um grande reforço para conhecimento na parte prática. Essa parceria é excelente para a faculdade e nós só temos agradecer à Semed. É muito bom poder ajudar e ser ajudado”, observou.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir