Dia a dia

Receita Federal apreende grande quantidade de anabolizantes em Manaus

Anabolizantes - Alfândega

Entre elas estão a Durateston, Testosterona, Stanozolol, Deca 200, Oxodrolona, Nandrolona e Lipostabil. Os Anabolizantes são substâncias sintéticas similares aos hormônios sexuais masculinos que alteram os sistemas hormonal e nervoso, podendo causar até câncer, caso sejam usados de forma indiscriminada, sem acompanhamento médico. foto: Divulgação/ Receita Federal

Uma grande quantidade de anabolizantes foi apreendida na segunda quinzena do mês de novembro pelo Serviço de Vigilância e Controle Aduaneiro (Sevig) da alfândega do Porto de Manaus. Além dos hormônios sintéticos, também foram apreendidas outras drogas como cocaína, maconha e outros produtos que estavam em encomendas postadas pelos correios.

Entre os   produtos apreendidos, estão diversas substâncias que têm a comercialização proibida pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Entre elas estão a Durateston, Testosterona, Stanozolol, Deca 200, Oxodrolona, Nandrolona e Lipostabil. Os Anabolizantes são substâncias sintéticas similares aos hormônios sexuais masculinos que alteram os sistemas hormonal e nervoso, podendo causar até câncer, caso sejam usados de forma indiscriminada, sem acompanhamento médico.

Alfândega

A proibição pode ser ocasionada por serem medicamentos de uso controlado ou ainda não possuírem registro no órgão. A Anvisa também não permite a comercialização de determinadas   substâncias   que   são   consideradas   entorpecentes   ou psicotrópicas.

O órgão encaminhou todos os produtos apreendidos para a Anvisa, onde serão analisados e, posteriormente, destruídos. Em relação aos remetentes e destinatários das encomendas ilícitas o Serviço de Vigilância e Controle Aduaneiro encaminhou as informações para a polícia que deverá apurar os fatos. O valor da apreensão ainda não é possível de ser avaliada devido ao grande volume e à variedade dos produtos.

O inspetor-chefe da Alfândega do Porto de Manaus, Osmar Felix de Carvalho, declarou que o trabalho do Sevig continuará sendo intensificado para coibir esse tipo de crime que ocorre nos Correios.

“Nossas ações visam reduzir ao máxima ação dos criminosos que utilizam o serviço de encomendas dos Correios para realizarem envio ou recebimento de produtos proibidos. O órgão continuará atuando de forma intensa para combater os crimes de contrabando e descaminho na cidade de Manaus, independente de local em que ocorram”, declarou o representante da Aduana local.

Drogas e outros produtos

Além dos anabolizantes, foram apreendidas 400 gramas de cocaína, que estava escondida em embalagens de papelão para acondicionamento de utensílios para cozinha, 150 gramas de maconha, Iphones, perfumes sem nota fiscal e cartões de   créditos, provavelmente falsificados, escondidos em aparelhos de informáticas que tinham como destino a Espanha.

Com informações da assessoria de comunicação

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir