Holofotes

Rapper americana Azealia Banks acusa Russell Crowe de racismo e agressão

O caso será investigado pela polícia americana e os convidados serão intimados a depor - fotos: reprodução

O caso será investigado pela polícia americana e os convidados serão intimados a depor – fotos: reprodução

A cantora americana Azealia Banks, 25, acusou o ator neozelandês Russell Crowe, 52, de agressão física e de racismo. Por meio de um post no Facebook, neste domingo (16), ela descreveu como teriam acontecido as ofensas:  “Para recapitular minha noite, fui a uma festa no quarto de hotel de Russell Crowe, na qual ele me chamou de ‘preta’ [nigger, termo pejorativo em inglês], me estrangulou, me jogou para fora e cuspiu em mim”.

De acordo com o relato da rapper, os demais convidados ficaram indiferentes aos ataques. “A noite passada foi uma das mais difíceis para dormir que eu já tive. Os homens da sala deixaram que acontecesse. Me sinto terrível hoje.” Ela ainda afirmou estar se sentindo “horrível, maltratada, sozinha e depressiva”.

Segundo reportagem do site americano ‘TMZ’, que teria entrevistado pessoas que estiveram no local, Azealia riu da seleção musical da festa e se referiu a outro convidado como “gente branca chata”.

Ela ainda teria ameaçado “cortar os convidados e vê-los sangrar”. Conforme um depoimento, a cantora teria dito: “Vocês iam amar se eu quebrasse um dos meus copos, golpeasse vocês na garganta e esguichasse sangue por todo lado, como um filme de Tarantino”.

A partir disso, Crowe a teria segurado e colocado para fora do quarto. E, em seguida, chamado a segurança do hotel.

O caso será investigado pela polícia americana e os convidados serão intimados a depor.

As postagens feitas por Azealia foram apagadas, mas já haviam sido reproduzidas pela internet. Na manhã desta segunda (17), ela escreveu: “Tenho como provar. Fique atento”.

Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir