Dia a dia

Rapaz é morto por traficante no lugar do irmão na Zona Leste

De acordo com testemunhas, a vítima foi morta no lugar do irmão, que teria envolvimento com o tráfico de drogas – Mara Magalhães

O ajudante de pedreiro Pedro Rodrigues da Silva, de 28 anos, morreu na noite dessa terça-feira (16), por volta das 20h30, no Hospital e Pronto Socorro João Lúcio, após ser atingido por tiros no bairro Armando Mendes,  na Zona Leste de Manaus.

De acordo com a Polícia Militar,  Pedro morreu no lugar do irmão dele, que não teve o nome divulgado e tem envolvimento  com o tráfico de drogas.

Conforme informações de testemunhas, Pedro estava chegando do trabalho quando foi abordado nas perto de sua casa, por três homens armados. Os suspeitos fizeram vários disparos que atingiram a cabeça, o peito e o tórax do rapaz.

O jovem  foi removido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado para o Hospital onde morreu meia hora depois.

Ainda conforme testemunhas, os criminosos chegaram a invadir a casa da vitima, atrás do irmão dele, mas não o encontraram. No momento que os suspeitos saíram da casa da vítima, o ajudante de pedreiro estava chegando e foi abordado em frente a residência de sua vizinha.

O rapaz foi morto em frente a casa de uma vizinha, que se assustou com os disparos – Mara Magalhães

No último  domingo (14), segundo moradores da área,  os mesmos criminosos invadiram a casa de Pedro atrás do irmão dele, mas também não o encontraram. Na ocasião, os bandidos teriam dado um recado para Pedro, caso eles não encontrassem o irmão dele, Pedro seria morto em seu lugar.

“Quando eles invadiram no domingo avisaram que iam voltar e se o Pedro não falasse onde estava o irmão seria morto no lugar dele. Eles efetuaram vários disparos. O Pedro era trabalhador, morreu de graça, infelizmente”, falou um morador da área, Que preferiu não se identificar.

Uma aposentada de 63 anos, contou que ficou assustada quando ouviu os disparos.

“Meu filho ouviu os tiros e saiu para ver o que estava acontecendo, quando ele abriu a porta viu que estavam matando esse rapaz. Uma vizinha ainda gritou para os bandidos “vocês estão  matando o cara errado”. Eles responderam: “se era errado ou não, agora já era”. O Pedro não tinha envolvimento com nada de errado, ele era trabalhador, infelizmente, pagou pelo erro do irmão”, lamentou a mulher.

Já a família da vítima disse que desconhece a motivação do crime e relatou que o rapaz morreu vítima de um assalto. “O que nos nós sabemos é que foi um assalto. Os criminosos levaram o celular dele”, disse uma parente da vítima, que preferiu não se identificar.

A mãe de Pedro estava visivelmente abalada e preferiu não comentar o fato.

O crime vai ser investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS). Até o momento, nenhum dos suspeitos foi preso.

Mara Magalhães
EM TEMPO

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir