Dia a dia

Queima de arquivo: dois homens são executados a tiros em Manaus

A polícia identificou apenas uma das vítimas – Fotos: Divulgação

Dois homens foram assassinados a tiros, na noite desta quinta-feira (6), em Manaus. Sidney da Silva Marinho, 29, foi morto, por volta das 18h, com doze tiros em frente a uma casa, na rua Jackson Damasceno, bairro Jorge Teixeira, Zona Leste, onde ele supostamente consumia drogas com outras pessoas. O segundo homicídio é de um homem, ainda não identificado. Ele foi vítima de uma emboscada na avenida Manuel Borba Gato, bairro Dom Pedro, Zona Oeste.

Segundo testemunhas, Sidney foi vítima da famosa “casinha” (termo utilizado para justificar a ação de alguém que leva a vítima até o local, onde o crime foi ou será realizado).

Leia também: Homem é executado a tiros em construção abandonada no Nova Cidade

“Ele é usuário de drogas, inclusive já tinha passagens na polícia por esse crime. Ele estava em casa, quando os amigos dele, que também são usuários, o convidaram para ir até essa casa em construção, onde eles se reúnem para se drogar. Isso era no fim da tarde. Por volta das 18h, ele foi assassinado por um homem, que não sabemos quem é. Ele sacou a arma e deu alguns tiros no peito do Sidney. Quando ele caiu, de bruços no chão, o cara continuou atirando. Foram 12 tiros”, informou uma testemunha.

A filha de Sidney, que preferiu não ser identificada, informou que a polícia só chegou ao local cerca de uma hora após o assassinato. O EM TEMPO conversou, por telefone, com os policiais da 30ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), para saber mais sobre o crime e se há informações sobre o autor, mas a equipe não quis colaborar.

O suposto linchamento não foi confirmado pela polícia

Segundo caso

O segundo homicídio ocorreu por volta das 20h30, no bairro Dom Pedro e, segundo a polícia, imagens de uma câmera de segurança apontam que o crime tem características de uma emboscada.

“A vítima chega no local do crime acompanhada de um homem, que estava pilotando uma motocicleta. Instantes depois, um casal em outra motocicleta se aproxima e efetua disparos contra a vítima e depois foge. O cara que estava pilotando a moto, em que a vítima chegou no local, também fugiu da cena do crime. Esse tipo de comportamento é evidente de crime de emboscada. Não dá para identificar as pessoas nas imagens e nem os detalhes das motocicletas, como modelo e placa”, informou o aspirante Celso Neto, da 10ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom).

Um terceiro caso, onde supostamente um homem teria sido linchado após cometer um assalto a um taxista, também na noite desta quinta, no conjunto Canaranas, bairro Cidade Nova, Zona Norte, ganhou repercussão nas redes sociais. Uma testemunha informou, por meio de um áudio e fotos compartilhadas no WhatsApp, que o homem agiu com a ajuda de um comparsa, que conseguiu fugir. No entanto, o caso não foi confirmado pela polícia.

Isac Sharlon
EM TEMPO

Leia mais:

Duplo homicídio: moradores de rua voltam a ser assassinados, dessa vez na Zona Leste

Adolescente de 17 anos é assassinado com 4 tiros na Zona Norte

Mais de 11 mil homicídios registrados em dez anos no AM

 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir