Dia a dia

Queda de avião deixa quatro mortos em Roraima

Avião foi fretado pelo Exército. -Foto: Divulgação

Quatro pessoas morreram carbonizadas, após um avião monomotor da Paramazônia Táxi Aéreo, fretado pelo Exército Brasileiro, cair no município de Cantá, no Norte de Roraima, na manhã desta segunda-feira (3).

Três pessoas que morreram no acidente eram funcionárias do Ibama. O piloto também morreu. Uma pessoa sobreviveu, mas está internada em estado grave, com 50% do corpo queimado.

Segundo o chefe da Defesa Civil, coronel Doriedson Ribeiro, havia cinco pessoas na aeronave. Uma foi resgatada com vida, logo após o acidente, pela própria empresa dona do avião, e levada ao Hospital Geral de Roraima, em Boa Vista.

Leia também:  Caça da FAB atira e provoca pouso forçado de avião com 500 quilos de cocaína

As causas do acidente estão sendo investigadas. Equipes da Polícia Federal, Ibama, Polícia Civil, Defesa Civil e Exército estiveram no local onde o avião caiu para ser feito a perícia.

O assessor do Exército em Roraima, major Rodrigo Luiz, disse que as vítimas do acidente iriam para a Terra Indígena Yanomami, onde participariam da  ‘Operação Curare VIII’  que visa combater crimes na fronteira do Brasil, com  coordenação da 1ª Brigada de Infantaria de Selva.

EM TEMPO

Leia mais:

Avião que saiu de Manaus cai no interior de São Paulo e mata duas pessoas
Aeronáutica localiza avião que caiu após sair de Tefé
4 feridos em queda de avião irregular no Sul do Amazonas

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir