Dia a dia

Quatro são presos por envolvimento em morte de estudante durante tiroteio na rotatória do Produtor

Todos os envolvidos foram indiciados por homicídio qualificado e estão presos temporariamente - foto: Erlon Rodrigues/PC

Todos os envolvidos foram indiciados por homicídio qualificado e estão presos temporariamente – foto: Erlon Rodrigues/PC

Quatro homens foram apresentados na manhã desta terça-feira (6), na sede da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), por participação na morte da estudante Iasmin Santos da Silva,14, que morreu no dia 30 de julho, durante uma troca de tiros entre gangues rivais, na ‘bola do Produtor’, avenida Autaz Mirim, bairro Jorge Teixeira, Zona Leste de Manaus.

Os presos são Leonardo Valente de Freitas, conhecido como ‘Miau’, 18, o ajudante de padeiro Mizael Christian da Silva de Oliveira, 19, o bombeiro hidráulico Matheus Souza da Silva, 21, e o auxiliar de balcão Daniel Félix Bezerra, conhecido como ‘Gaspar’.

Mizael foi preso no dia 25 de agosto, na residência dele, situada na travessa São Jorge, Cidade de Deus, Zona Norte da Cidade. No mesmo dia, Daniel foi preso em sua casa, na avenida Ouro, bairro Braga Mendes, também na Zona Norte.

Leonardo foi preso na sede da DEHS, enquanto prestava depoimento, no dia 26 de agosto passado, enquanto Mateus foi preso no último dia 1º de setembro, também na sede da DEHS, durante depoimento sobre o caso.

Todos foram presos em cumprimento a mandado de prisão expedidos dia 1º de agosto deste ano, pelo juiz da 2ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Manaus, Anésio Rocha Pinheiro.

Conforme o delegado Ivo Martins, titular da DEHS, no dia do crime, Iasmin estava na companhia de mais duas pessoas, que estavam indo para a inauguração do shopping T4 e, no momento que passavam pela rotatória do Produtor, dois dos suspeitos chegaram ao local em uma motocicleta vermelha e atiraram contra outros rapazes que estavam lá.

Durante o tiroteio, Yasmin foi atingida com um tiro no peito e levada para um Hospital Pronto-Socorro João Lucio, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade.

Na ocasião, Daniel e Mizael também foram atingidos e encaminhados ao hospital como se fossem vítimas da ação criminosa, sendo apurado depois que eles participaram do delito trocando tiros com os outros suspeitos que chegaram no local.

De acordo com o delegado, o tiroteio aconteceu porque os traficantes identificados como Nilson Picanço de Oliveira, 31, conhecido como ‘Boca’, e Elbert Passos de Freitas, 24, vulgo ‘Vadão’, estavam travando uma disputa pelo ponto de venda de drogas situado na ‘bola do Produtor’.

Nilson foi preso no dia 10 de julho deste ano, em flagrante, pela equipe do 14º Distrito Integrado de Polícia (DIP) por tráfico de drogas e o mandado pelo homicídio foi cumprido na Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro, onde ele cumpre pena. Elbert Passos segue foragido.

“Matheus e Leonardo eram capangas de Elbert. Daniel e Mizael capangas de Nilson. O confronto teve início duas semanas antes do crime que vitimou Iasmin, quando Elbert foi vítima de tentativa de homicídio. Por conta dessa tentativa, ele ordenou o ataque contra os rivais, mas infelizmente a Iasmin que foi a vítima. Conforme testemunhas oculares, o autor do disparo que atingiu a jovem foi o Mateus”, disse Ivo Martins.

Todos os envolvidos foram indiciados por homicídio qualificado e estão presos temporariamente a fim de que a autoridade policial possa finalizar o inquérito.

Por equipe EM TEMPO Online

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir