Esportes

Quatro anos após AVC, Ricardo Gomes volta a ser técnico

Ricardo Gomes é o novo técnico do Botafogo. O treinador acertou as bases do contrato com a diretoria alvinegra e volta ao trabalho à beira do campo após quase quatro anos de um AVC (Acidente Vascular Cerebral) sofrido em 2011. Ele chega para substituir René Simões, demitido por conta dos maus resultados recentes.

Após discussões internas sobre diversos nomes, a diretoria alvinegra decidiu investir em Ricardo Gomes no final da última semana. Após alguns dias de conversas, o acordo foi selado em encontro na última segunda-feira. O treinador só esperava aval de médicos e familiares para oficializar o retorno.

Após o AVC em 28 de agosto de 2011, Ricardo Gomes ficou internado durante três semanas e deixou o hospital com sequelas que o impediram de retomar o trabalho como treinador.

A volta ao ambiente do futebol ocorreu em 2013, como diretor executivo de futebol do Vasco, cargo que ocupou até o início de 2014. A partir de então, Gomes decidiu que iria intensificar os trabalhos de fisioterapia e fonoaudiologia para retomar a carreira de treinador.

Após a recuperação de uma cirurgia no joelho no início deste ano, ele conversou com os médicos e decidiu que era hora de voltar aos campos.

Ricardo Gomes assume o Botafogo na liderança da série B e tem a missão de comandar o retorno do time de General Severiano à primeira divisão do Campeonato Brasileiro.

“O Botafogo de Futebol e Regatas chegou a um acordo com o técnico Ricardo Gomes, de 50 anos. Com um extenso e vitorioso currículo como jogador e treinador, o profissional está motivado e começa a comandar a equipe na próxima semana. A apresentação oficial ainda terá data e horários definidos. O auxiliar permanente Jair Ventura será o técnico no jogo deste sábado, contra o Bahia. Após trajetória vitoriosa como jogador, com passagens até pela Seleção Brasileira, Ricardo Gomes iniciou sua carreira como treinador no Paris Saint-Germain, no qual conquistou a Copa da França e a Copa da Liga Francesa. Treinou a Seleção olímpica e grandes clubes do Brasil, com diversos títulos no currículo”, dizia a nota divulgada, na íntegra, pelo Botafogo.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir