Dia a dia

Quadrilha suspeita de roubos a residências é presa na Zona Rural de Manaus

A quadrilha foi autuada por tráfico de drogas, associação criminosa e por receptação - foto: divulgação

A quadrilha foi autuada por tráfico de drogas, associação criminosa e por receptação – foto: divulgação

Elias de Souza Rodrigues, 32, Daniel de Sousa, 35, Tulio Nogueira da Silva, 19 e Suely Cordeiro de Lima, 36, foram presos por volta das 17h, desta segunda-feira (11),  em um sítio no Km 37 da BR AM- 010, Zona Rural de Manaus. Segundo policiais da Ronda Ostensiva Cândido Mariano  (Rocam) a quadrilha é suspeita de praticar roubos a residências na Zona Norte e em sítios na AM-010.

O grupo foi preso por policiais Rocam, com o apoio da equipe de operações da Secretaria de Segurança  Pública (SSP), após várias denúncias anônimas informando que em sítio no km 37, próximo a Cachoeira do Leão, uma casa servia como esconderijo para bandidos de alta periculosidade.

Chegando ao local da denuncia, os policiais avistaram os suspeitos em frente à residência.  Após abordagem e durante revista pelo imóvel, foi apreendido duas motocicletas com restrição de roubo, sendo uma Honda Bros NXR-ESD e a outra uma Honda CG 150 de placa PHB-6589.

Além das motocicletas também foram apreendidos, 12 porções grandes de drogas, entre maconha e oxi, uma balança de precisão, uma capa de colete balístico e um colete balístico completo de uso restrito da polícia militar, uma gôndola, duas boinas e a quantia R$ 1.580 em espécie.

Em depoimento o grupo informou que estavam se preparando para assaltar um estabelecimento comercial localizado, no km 45 da AM 010, no próximo domingo (17).

Segundo a polícia, Elias de Souza, apresentou documento falso no momento da prisão. Chegando à delegacia os policias constataram que o homem tinha um mandado de prisão em aberto por latrocínio (roubo seguido de morte), expedido pela justiça de Roraima. O homem também é suspeito de ter participado do roubo a casa do dono do supermercado Hiper DB, ocorrido ano passado no bairro Tarumã, Zona Oeste.

A quadrilha foi conduzida para o 12º Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde foi autuada por tráfico de drogas, associação criminosa e por receptação. Elias de Souza também foi autuado por falsidade ideológica.

Após os procedimentos cabíveis, os suspeitos serão encaminhados para a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro da capital.

Por Mara Magalhães (especial EM TEMPO Online)

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir