Sem categoria

Quadrilha suspeita de fazer arrastões na capital é presa na Zona Oeste

O grupo foi preso nesta quinta-feira - foto: divulgação/ Polícia Civil

O grupo foi preso nesta quinta-feira – foto: divulgação/ Polícia Civil

Quatro criminosos foram presos por policiais militares da 21ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), por volta das 12h de quinta-feira (25), suspeitos  de praticarem vários assaltos no bairro Santo Antônio e fazerem arrastões  na rua Brasil, bairro Vila da Prata,  na Zona Oeste  de Manaus.

De acordo com a polícia, Felipe Oliveira Abreu, 20, Anderson Marques Barbosa Andrade, 19, André de Souza Campos, 21, e Jhonny Quest Rodrigues de Holanda, idade revelada, praticavam crimes em um veículo modelo Corsa Classic, cor prata, placa OAL-6584.

Após serem acionados pelo Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops), os policiais militares, sob o comando do tenente Jefferson Martins, localizaram o veículo estacionado nas mediações do bairro Ajuricaba na mesma zona da cidade.

“Os suspeitos, ao perceberem a presença dos policiais, entraram em uma residência e, em seguida, pedimos autorização do proprietário para realizar as buscas. Nos fundos do imóvel encontramos os quatros homens e prendemos”, explicou o tenente.

No veículo utilizado nos crimes, foram encontrados uma arma de fogo tipo bereta, calibre 32 com oito munições intactas, 33 porções de cocaína, joias, dois relógios de pulso, celulares, além da quantia de R$ 220.

Os quatros suspeitos foram encaminhados ao 21º Distrito Integrado de Polícia (DIP). Na delegacia, uma das vítimas, identificada como Janaína Soriano Almeida, 40, reconheceu os criminosos e afirmou ter sido ameaçada com uma arma de fogo.

O quarteto foi autuado por porte ilegal de arma de fogo, associação para o tráfico de drogas, tráfico de drogas e roubo. Após os procedimentos legais de polícia, os suspeitos foram encaminhados para a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro da capital, onde aguardarão a decisão da Justiça.

Por Josemar Antunes

 

 

 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir