Sem categoria

Quadrilha que assaltou hotel de luxo no AM planejou ação em 2 dias

As câmeras de segurança do hotel ajudaram nas identificações dos suspeitos - foto: divulgaçõ

As câmeras de segurança do hotel ajudaram nas identificações dos suspeitos – foto: divulgação

A quadrilha que assaltou o hotel Amazônia Golf Resort, no quilômetro 64 da rodovia AM-010 planejou a ação com dois dias de antecedência. A informação foi dada pela polícia na manhã desta sexta-feira (28), durante a apresentação do bando, na sede da Delegacia Geral.

Segundo o titular da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), Adriano Felix, no dia do assalto, os envolvidos passaram o dia na mata e entraram pelos fundos do estabelecimento. Todos os suspeitos confessaram a participação no crime. Três dos integrantes do grupo são especializados em assaltos em sítios e chácaras.

Os homens que efetivamente entraram no hotel forma identificados como Aluízio Arcanjo da Silva, conhecido como ‘Arcanjo’, 29, Alex Viana de Jesus, o ‘Ageu’, 20, Rafael Viana, conhecido como ‘Pé de Ferro’, 28, Herbert William Parente Celane, 25, Euciclei Viana, vulgo ‘Lotão’ ou ‘João Broa’, 30, e Francisco Junho Guedes de Melo, 36.

Aluízio, Alex e Rafael são foragidos do sistema penitenciário do Pará, onde respondem por roubos e homicídios. O primeiro seria o líder do bando.

Ainda segundo o delegado, parte da quadrilha foi presa quando estava se preparando para praticar um roubo em uma loja de eletrodomésticos, no Centro, por volta das 11h dessa quinta-feira (27). O restante do bando foi preso ao longo do dia. Com o grupo foram aprendidos dois carros que foram utilizados no dia do roubo, além de duas motos e duas armas.

Além dos seis que efetivamente participaram do assalto ao hotel, outros três homens integram o bando de assaltes: Emanuel Erick Bezerra de Moraes, 24, Edson Alexandre Abreu Costa, 35, e Jackson Matos da Silva, 32.

De acordo com o delegado adjunto da Derfd, Péricles Nascimento, cincos suspeitos foram identificados por meio de imagens do circuito de segurança interno do resort, e com a colaboração das vítimas, que descreveram a fisionomia dos infratores.

O grupo responderá por roubo majorado e formação de quadrilha. Após os procedimentos cabíveis serão encaminhados a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro de Manaus.

 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir