Sem categoria

Quadrilha liderada por ex-policial militar é presa em Manaus

Os integrantes da quadrilha se passavam por policiais civis do Denarc para negociar com traficantes - foto: Arthur Castro

Os integrantes da quadrilha se passavam por policiais civis do Denarc para negociar com traficantes – foto: Arthur Castro

O ex-policial militar reformado Moisés Arão de Lima Serrulha, 39, investigado por comandar uma quadrilha  envolvida com roubos e tráfico de drogas, foi preso na noite desta quarta-feira (20), em um posto de combustíveis localizado na avenida Margarita, bairro Cidade Nova, Zona Norte de Manaus.

Os comparsas do PM, Agno da Cunha Barros, conhecido como ‘Xamba’, 37, e Raimundo Rodrigues Pereira, o ‘Mula’, 45, foram presos na tarde de ontem,  em cumprimento a um mandado de busca e apreensão,  expedido no último dia 12 de maio pela juíza da 1ª Vara Especializada em Crimes de Uso e Tráfico de Entorpecentes (Vecute), Lídia de Abreu Carvalho Frota.

A prisão ocorreu por volta das 17h, na residência de Raimundo, localizada na rua 5, quadra 17, do conjunto Cidadão, também Zona Norte.

Eloísa Lopes Magalhães, conhecida como ‘Japonesa da Compensa’, 41, suspeita de ter participação ativa na quadrilha, também foi presa na tarde de ontem, na casa em que morava, localizada no Beco Rodrigues, bairro Compensa 3, Zona Centro-Oeste.

De acordo com informações da Polícia Civil, o grupo estava sendo investigado pelo Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc), com o intuito de desarticular a quadrilha comandada pelo policial militar. A investigação foi denominada como ‘Operação Stive’ – em razão de alguns policiais que cometem crimes se tratarem por este codinome para esconderem a verdadeira identidade.

Segundo o titular da Denarc, delegado Thyago Tenório, “eles se passavam por policiais civis do Denarc para enganar os traficantes”.

Na residência de ‘Mula’, foram encontradas três porções grandes e uma porção pequena de maconha, uma porção de cocaína, uma balança de precisão, dois celulares e uma quantia de R$650 em espécie. Também foi apreendido com o grupo um jogo completo de uniformes de um time de futebol do bairro da Compensa, comandado pelo traficante Zé Roberto.

Raimundo e Agno foram presos em flagrante por tráfico e associação para o tráfico.

Na casa de Eloísa, também foram apreendidas 90 trouxinhas de skank e duas porções médias da mesma substância. Já com Moisés,  foi apreendido um veículo modelo Fiat Palio, de cor verde, placa JXW-4744, além da quantia de R$ 2 mil.

Ainda conforme o delegado Tenório, Moisés teria marcado um encontro com Raimundo para negociar vendas de drogas na noite de ontem. Por volta das 21h, policiais civis se deslocaram  até o ponto de encontro – o posto de combustível – e cumpriram o mandado de prisão em nome do PM.

A quadrilha, autuada por tráfico de drogas e associação para o tráfico, será encaminhada para a Cadeia Pública Desembargador Vidal Pessoa, onde ficará à disposição da Justiça, com exceção de Eloísa que será conduzida ao Centro de Detenção Provisória Feminino (CDPF).

Por Narel Desiree (especial EM TEMPO Online)

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir