Especiais Impresso

Foragido do CDPM é morto por policiais

Um dos fugitivos do Centro de Detenção Provisório Masculino (CDPM) Márcio Souza Alves, o “Pato”, morreu em confronto com policiais militares, na manhã de ontem, depois de assaltar a Granja Takuya, cujo o terreno também aloca o Clube Amazonense de Tiro Esportivo (Cate), que fica no quilômetro 25 da rodovia AM-010 (Manaus- Itacoatiara).
O fugitivo estava na companhia dos comparsas, o ex-presidiário Francisco Goés Bulcão Junior, 22, e Rodrigo Castro Ribeiro, 23, que foram presos. O fato ocorreu na avenida das Flores, bairro Santa Etelvina, Zona Norte. Os criminosos, conforme testemunhas, chegaram a fazer um funcionário refém e roubar o celular de uma vítima, antes de fugirem. “Pato” é o terceiro detento encontrado depois da fuga de 39 presidiários do CDPM por um túnel de 11 metros.

q1

q2 q3 q4 q5 q6 q7 q8

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir