Especiais Impresso

Líder do PCC e matador de traficante da FDN é preso

O titular da Departamento de Repreensão ao Crime Organizado (DRCO), Rafael Allemand, “Anjinho” vinha matando os integrantes da FDN e já foi preso três vezes por homicídio, tráfico de drogas, porte ilegal de arma e receptação. “Ele é perigoso porque além de mandar matar, o anjinho também vai ao local do crime e executa. Foi ele quem efetuou os disparos contra o Seninha. Ele tem problemas mentais e por conta disso consegue liberdade muito rápido. Da última vez, o anjinho ficou somente seis meses cumprindo pena”, disse.

Ainda segundo o delegado, por estar exterminando traficantes da FDN, a facção enviou na noite de sábado (9) um “salve geral” para seus integrantes ordenando a execução de “Anjinho”. “O anjinho já sofreu várias tentativas de homicídios por conta dessas execuções. Todos os traficantes da FDN querem mata-lo. O Dinei é braço direito dele e participou da morte do Seninha. O anjinho é o cara que ‘batiza’ os novos membros do PCC em Manaus”, disse. Depois que executou “Seninha”, o líder do PCC fez uma publicação em uma rede social falando sobre a vingança contra a vítima.

Matador3

 

Matador4

Matador1

Matador2

 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir