Especiais Impresso

Olimpíadas: aeroporto de Manaus não terá mudanças. Dilma pede calma

A realização de um grande evento esportivo em meio a uma epidemia de vírus zika e a proliferação do mosquito Aedes Argypti não foram suficientes para fazer o poder público promover grandes mudanças estruturais ou instalar procedimentos especiais no aeroporto de Manaus. A reportagem de EM TEMPO procurou a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), que confirmaram que nenhuma grande mudança vai acontecer em virtude das Olimpíadas do Rio de Janeiro, que acontecem em agosto. Manaus receberá seis partidas de futebol do torneio olímpico, tanto no masculino quanto no feminino, nos dias 4, 7 e 9 de agosto.

Em nível nacional, a presidente Dilma Rousseff garantiu que o vírus não vai atrapalhar o andamento dos jogos. Confira:

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir