Especiais Impresso

Mesmo com redução, radares devem voltar

O número de atropelamentos e de mortes em acidentes de trânsito em Manaus é cada vez menor, mesmo sem radares eletrônicos. Os equipamentos foram retirados das ruas no dia 18 de março de 2015, devido ao fim do prazo de concessão do serviço. Em 2014, ainda com os controladores de velocidade, 251 pessoas morreram em acidentes de trânsito na capital. Já em 2015, foram 236 mortes, o que representa uma redução de 5,98%, informou o Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans). Apesar disso, há planos de retomada dos radares na cidade de Manaus.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir