Especiais Impresso

Mototaxista confessa ter matado garota de programa, no Centro

“Matei para me defender e não me arrependo’, disse a mototaxista Odith Cristina dos Santos, 35, conhecida como “Cris” ou “TOP”, apontada pela Polícia Civil como autora do assassinato da garota de programa Edjane Barbosa Batista, 25, ocorrido no dia 13 de novembro de 2015, no Centro. Presa na tarde da última quinta-feira (10), Odith foi apresentada à imprensa na manhã de ontem, na sede da Delegacia Geral, na Zona Oeste.

q1

q2 q3 q4

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir