Especiais Impresso

Nova matriz econômica do Estado será sustentável

Para diversificar a economia do Estado que, atualmente, é centralizada na Zona Franca de Manaus (ZFM), e driblar a crise econômica, o governo do Estado apresentou, ontem, a nova matriz econômica sustentável que contempla a interiorização das ações do Executivo estadual e a utilização de recursos naturais e da biodiversidade amazônica para geração de, entre outros, emprego e renda.
De acordo com o governador José Melo (Pros), o governo irá encaminhar, na próxima quinta-feira (03), para a Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam) as leis que garantem o ordenamento jurídico da nova matriz econômica do Estado.

Fotos: IONE MORENO E DIVULGAÇÃO

Foto-Joel-Arthus-Secom-(4)

Foto-Joel-Arthus-Secom-(6)

Foto-Valdo-Leão-Secom-(2)

Marco-Aurélio-Coordenador-WWF--(1)

Marco-Aurélio-Coordenador-WWF--(2)

Presidente-da-FAPEAM-_-Raimundo-Lopes-(1)

Secretário-SEMA-_-Antônio-Ademir-Stroski--(2)

Secretário-SEMA-_-Antônio-Ademir-Stroski--(3)

_MG_7823

_MG_7851

Diretor-Presidente-FAPEAM_-René-Levy--(2)

FÓRUM---Governador--(1)

Foto-Joel-Arthus-Secom-(3)

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir