Especiais Impresso

Assassino de motorista de ônibus é preso sete dias após latrocínio

Assassino confesso do latrocínio (roubo seguido de morte) que vitimou o motorista de ônibus Márcio Gama da Silva, 37, Linekin Marinho de Lira, o “Diabinho”, foi preso uma semana após o crime, em uma força-tarefa do sistema de segurança do Estado. Além dele, o comparsa Sales Soares Tavares, 18, foi preso e, um adolescente de 13 anos, apontado como “olheiro” da dupla, foi apreendido.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir