Especiais

Orquestra Sinfônica de São Paulo inspira longa brasileiro

Estrelado por Lázaro Ramos, o longa-metragem “Tudo que Aprendemos Juntos” é baseado na história real dos primeiros passos do Instituto Baccarelli, que oferece aulas de música para crianças e jovens carentes, e na peça Acorda Brasil, de Antônio Ermírio de Moraes.
Na trama, Laerte (Ramos) é um habilidoso violinista que falha em sua tentativa de entrar na Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (OSESP ) após ter uma crise em sua audição para integrar o grupo. A redenção de tamanha frustração chega por uma via que ele jamais esperava quando passa a dar aulas a dar aulas de música na comunidade de Heliópolis para adolescentes em situação de vulnerabilidade social.
Dentre a falta de recursos e a violência urbana, Laerte terá de enfrentar diversos desafios para mostrar um novo horizonte para seus jovens alunos. O elenco do filme conta Fernanda de Freitas, Sandra Corveloni, Graça de Andrade e Criolo. A direção é de Sérgio Machado, que trabalhou com Lázaro em Cidade Baixa e também dirigiu Aqui Deste Lugar, Quincas Berro D’Água e Alice.
Inicialmente, Cauã Reymond deveria interpretar o personagem principal. Ele já estava inclusive tendo aulas de violino, mas sua agenda lotada, por causa das filmagens de uma telenovela, obrigou-o a abandonar a produção. Ele foi substituído por Lázaro Ramos.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2016 EM TEMPO Online. Todos Os Direitos Reservados.

Subir