Sem categoria

PV no Amazonas analisa expulsão de Platiny Soares

Jair Bolsonaro receberá, dia 10 de dezembro, após indicação do deputado Platiny Soares, a comenda do Mérito Legislativo do Amazonas – foto: divulgação

Jair Bolsonaro receberá, dia 10 de dezembro, após indicação do deputado Platiny Soares, a comenda do Mérito Legislativo do Amazonas – foto: divulgação

A diretoria regional do Partido Verde (PV) se reuniu, ontem, para discutir as medidas que serão tomadas com relação à proposta feita pelo deputado Platiny Soares (PV) em conceder a comanda do Mérito Legislativo do Amazonas ao deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ).

De acordo com a presidente da executiva do PV no Amazonas, Eliane Ferreira, durante a reunião, foi eleita uma comissão de parlamentares, que deve apresentar no prazo de 30 dias um relatório com sugestão de punição ou nãoao deputado Platiny.

“Consideramos uma iniciativa pessoal e isolada, por parte do deputado Platiny. O partido não aprova a indicação dele. O deputado Bolsonaro é uma pessoa que no cenário nacional, historicamente, defende propostas antidemocráticas. Posições que são antagônicas. Esse comportamento fere os princípios e fundamentos políticos que defende o Partido Verde”, disse a presidente.

O presidente nacional do PV, José Luís Pena, ficou surpreso com a indicação do parlamentar amazonense.

“Não sei quais critérios foram utilizados para se chegar a essa indicação. Não concordo com a homenagem e desconheço qualquer trabalho realizado por Bolsonaro em defesa da segurança pública do país, como enfatizou o deputado Platiny.  Estou aguardando um retorno sobre as providências que foram adotadas pela diretoria do partido, no Amazonas”, disse.

Na Câmara Municipal de Manaus (CMM), o vereador Everaldo Farias (PV), protocolizou, ontem, um pedido de expulsão do deputado amazonense junto ao PV.

Em nota divulgada à imprensa, o vereador citou o histórico polêmico do deputado federal.  “Bolsonaro é conhecido internacionalmente por seus posicionamentos contra homossexuais, mulheres e negros. Ele já foi alvo de processos e condenado por suas declarações e incitações”, disse Farias.

Durante sessão, ontem, no Legislativo estadual, a deputada Alessandra Campelo (PCdoB) repudiou as causas defendidas por Bolsonaro. “Ninguém vai me obrigar a engolir Bolsonaro, como merecedor do Mérito Legislativo do Amazonas”, disse.

Organizações como a Ordem dos Advogados do Brasil seccional Amazonas (OAB AM) e a Arquidiocese de Manaus encamparam nota de repúdio contra a homenagem a Jair Bolsonaro.

Por Bruna Souza

3 Comments

3 Comments

  1. Alcebiades Lemos

    10 de dezembro de 2015 at 18:55

    O POVO SABE QUE POLITICO BOM NÃO CONTRADIZ O QUE FALA COM O QUE FAZ, VIVA PLATINY, VIVA BOLSONARO! BRASILEIROS PATRIOTAS DE VERDADE!

  2. André Teles

    4 de dezembro de 2015 at 10:43

    Quando ele chegar no Aeroporto Internacional, veremos se o povo pensa como esses deputados do PV, mentes bitoladas!

    Todas as pessoas de bem, que decidiram ouvir da boca do próprio Dep. Jair Bolsonaro, o que ele pensa a respeito de vários temas controversos, certamente mudará de opinião.

    Eu fui um e tantos outros…

    • iVONE OLIVEIRA

      10 de dezembro de 2015 at 19:09

      Bolsonaro é honesto, patriota, ficha LIMPA, coerente e sobretudo ACIMA DAS CALUNIAS do inimigos comunistas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir