Política

PT quer demissão de ministros cujos partidos votaram contra Dilma

O argumento é de que seria o reconhecimento da derrota e uma quebra da institucionalidade estão defendida pelo partido - foto: divulgação

O argumento de que seria o reconhecimento da derrota e uma quebra da institucionalidade tão defendida pelo partido – foto: divulgação

Reunido nesta segunda-feira (18), o comando do PT decidiu propor, formalmente, a exoneração dos ministros cujos partidos votaram a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff.

A proposta deverá ser oficializada amanhã numa reunião do Diretório Nacional do PT que contará com a presença do ex-presidente Luiz Inácio da Silva.

Integrantes da cúpula do partido descartaram a ideia de sugerir a convocação de eleições gerais, sob o argumento de que seria o reconhecimento da derrota e uma quebra da institucionalidade tão defendida pelo partido. No documento a ser apresentado pela sigla, o PT vai sugerir mudanças na política econômica.

Rui e Lula

O presidente do PT, Rui Falcão, se reuniu na tarde com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Na conversa, Falcão relatar detalhes da reunião que ocorre agora na sede do partido.

Ele recebeu orientações de Lula para o encontro de amanhã do comando do PT.

 

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir