Política

PSDB-AM prepara sua militância para as eleições

Deputado Arthur Bisneto alertou pré-candidatos sobre mudanças na lei eleitoral e suas consequências - foto: Milena Di Casto/divulgação

Deputado Arthur Bisneto alertou pré-candidatos sobre mudanças na lei eleitoral e suas consequências – foto: Milena Di Casto/divulgação

Pré-candidatos do PSDB no Amazonas a prefeitos, vice-prefeitos e vereadores neste pleito participaram de um curso sobre eleições 2016 no último sábado, realizado pelo Instituto Teotônio Vilela. Segundo os organizadores, cerca de 250 pessoas de 50 municípios estiveram presentes.

No total, o PSDB-AM deve lançar para disputar as eleições deste ano mais de 27 candidaturas próprias e irá apoiar mais de 59 candidatos dos 62 municípios, segundo informou o presidente do diretório regional, Mário Barros. O curso, realizado no hotel Taj Mahal, Centro, foi dividido em três módulos: Legislação Eleitoral, Comunicação e Marketing Político na Campanha Municipal e Redes Sociais.

Os palestrantes dos módulos são profissionais especializados na condução de campanhas eleitorais em suas áreas de atuação. Ministrado pelo consultor Alexandre Modonezi, o módulo Comunicação e Marketing abordou, entre outros pontos, o ambiente da política nos dias de hoje. Esse ambiente, considerado “inóspito”, aliado às limitações de custos e formato da campanha, exigirá ainda mais dos candidatos conteúdo e veracidades nas mensagens aos eleitores. Já o jornalista e consultor do ITV e do PSDB, Fabiano Lana, abordou o uso das redes sociais nas eleições. Partindo do princípio de que “rede social dá voto”, ele deu dicas de uso de todas as ferramentas – Facebook, Twitter, Instagran, Site, WhatsApp e Snapchat – pontuando o que é positivo e negativo na forma de usá-las.

No módulo Legislação Eleitoral, Gustavo Kanffer, especialista em direito eleitoral e membro do Departamento Jurídico do PSDB, esclareceu as novas regras da campanha deste ano, em função das mudanças promovidas pela minirreforma eleitoral, ressaltando o cuidado redobrado com as inúmeras restrições que a lei impõe ao pleito de outubro.

Participaram do curso também os vereadores de Manaus, Elias Emanuel e Dr. Ewerton Wanderley, o deputado estadual Bi Garcia e o deputado federal Arthur Virgílio Bisneto.

No encerramento do curso, o deputado Arthur Bisneto, delegado da Executiva Nacional, alertou também os pré-candidatos quanto às mudanças na minirreforma política. “É bom esse curso para que os pré-candidatos tenham noção de algumas mudanças que ocorreram com a minirreforma política no Congresso Nacional ano passado.  Não se enganem.  Muita coisa mudou, a começar pela participação da contribuição financeira para as campanhas, que a partir de agora é para pessoas físicas.  Acabou a contribuição de empresas. Portanto, é uma mudança grande e eu vejo que foi um erro que foi cometido pelo Congresso e esta eleição vai servir de experiência”, afirmou.

A presidente do ITV no Amazonas, Gina Gama, disse que o curso marca a retomada das atividades de formação do secretariado no Amazonas, que foram iniciadas em julho de 2015. Durante esse período, já foram realizados uma série de encontros, entre eles, o de formação política e temas sociais contemporâneos e o encontro estadual de lideranças. “Preparação é sempre necessária. Se o cenário no qual estamos é inóspito e o eleitor é arredio e descrente, se os recursos financeiros são limitados, cabe ao candidato e do seu contexto histórico ter conteúdo e um discurso propositivo de soluções aos problemas pelos quais a sociedade está passando. Acredito que esse curso vai contribuir muito para os nossos pré-candidatos”, declarou.

 

Da redação

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir