Sem categoria

PSB começa preparação para disputa eleitoral de 2016

Além do presidente nacional da sigla, Carlos Siqueira, o presidente regional do PSB-AM, vereador Marcelo Serafim e o deputado estadual, Serafim Corrêa - foto: divulgação

Além do presidente nacional da sigla, Carlos Siqueira, o presidente regional do PSB-AM, vereador Marcelo Serafim e o deputado estadual, Serafim Corrêa, também estiveram no evento partidário – foto: divulgação

Presente em evento de filiação de novos militantes do Partido Socialista Brasileiro (PSB), o presidente nacional da sigla, Carlos Siqueira, cogitou a possibilidade de ‘mais de um nome’ do partido para a disputa da Prefeitura de Manaus nas eleições 2016, “O projeto do nosso partido é de ter candidatura no maior número de capitais no país. Em Manaus o processo de fusão tem implicações, mas temos nomes fortes. Mais de um nome inclusive, com grandes possibilidades de ganharmos a eleição aqui na capital do Amazonas”, afiançou Siqueira.

Além de Siqueira, o presidente regional do PSB-AM, vereador Marcelo Serafim e o deputado estadual, Serafim Corrêa, falaram sobre o cenário pré-eleitoral e a fusão partidária com o PPS, em andamento em nível nacional e que está marcado para acontecer no dia 20 de junho, em Brasília.

Carlos Siqueira falou da importância deste momento para o PSB. “Este momento de filiação de novos partidários na sigla é mais uma prova que o partido está vivo, está crescendo. Estamos em um momento muito especial em que além do crescimento do partido, estamos em processo de fusão com o Partido Popular Socialista (PPS)”, afirmou o dirigente.

O evento contou ainda com a presença do ex-governador do Espírito Santo, Renato Casagrande.

Decisão

Ainda segundo Siqueira, a decisão do nome para a disputa do Executivo municipal só será divulgado quando for concluído o processo de fusão entre as duas legendas. “Aqui em Manaus o partido tratará de saber qual o nome certo para disputar a Prefeitura de Manaus”, finalizou o presidente da sigla.

Ao ser questionado sobre potenciais “prefeituráveis” do PSB, Serafim Corrêa – que já foi prefeito de Manaus – desconversou. “Em 2016, pensaremos em um nome de maneira equilibrada. Temos que pensar em etapas. O primeiro passo será dado em Brasília, no dia 20 de junho com o processo de fusão. Superada essa etapa, temos que esperar os trâmites burocráticos junto ao TSE e, a partir daí é que dispara os processos de escolhas de nomes nos Estados e municípios”, explicou o deputado.

O presidente estadual do PSB, Marcelo Serafim, analisou os rumos que o partido deverá tomar nas próximas eleições municipais em Manaus e no Estado. “Hoje temos a possibilidade de eleger, pelo menos, mais quatro vereadores para a Câmara Municipal de Manaus. Com a fusão com o PPS, dependendo dos candidatos que venham de lá, poderemos chegar a um número de cinco ou seis vereadores na capital”, ponderou o vereador.

Sobre pré-candidatos a prefeito, Marcelo Serafim assegurou que, nesse primeiro momento, o partido discute apenas as chapas dos vereadores. “Nomes o PSB tem vários para a disputa em Manaus e pelo interior, essa discussão fica para depois”, finalizou.

Quanto à desfiliação do ex-deputado Marcelo Ramos do PSB, anunciada ontem em uma rede social pelo próprio ex-parlamentar, Serafim Corrêa se limitou a desejar “sorte” ao político em sua nova empreitada. Ramos disputou o governo do Estado nas eleições do ano passado, ficando em terceiro lugar e forçando um inédito segundo turno em eleições para governo no Amazonas.

 

Por Stênio Urbano EM TEMPO Online

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir