Esportes

Provocações já esquentam rivalidade do clássico entre Flamengo e Vasco

vasco-x-flamengo.jpg.550x0_q85

Vasco e Flamengo se enfrentam domingo (14), às 17h (de Brasília), em São Januário. Faltam oito dias para o clássico pelo Campeonato Carioca, mas a rivalidade já movimenta os clubes. Só o fato de o duelo ser realizado em São Januário é suficiente para render provocações entre torcedores e aumentar a expectativa para o jogo.

Como Maracanã e Engenhão estão fora de pauta também por conta dos Jogos Olímpicos Rio-2016, o Vasco optou por mandar o clássico em seu estádio. O fato não ocorria desde 22 de outubro de 2005 e motivou a mobilização antecipada da Polícia Militar.

O Gepe (Grupamento Especial de Policiamento em Estádios) fará a segurança interna com 250 policiais. O mesmo número será utilizado no patrulhamento externo com homens do 4º BPM. Haverá ainda 150 seguranças privados, 20 em campo e 70 controladores de acesso.

A comercialização de ingressos começou pela internet na última sexta-feira (5). São 18,9 mil bilhetes à venda (1,9 mil para a torcida do Flamengo). A expectativa é a de 20 mil torcedores presentes ao estádio.
Pelo lado vascaíno, os jogadores reconhecem a importância de jogar em casa contra o maior rival. Em 2015, o time cruzmaltino levou vantagem nos clássicos contra o clube rubro-negro e espera repetir a dose na atual temporada.

“Estou dentro da minha casa, fico muito tranquilo. É onde gosto de jogar, o melhor lugar. A diretoria vai tomar as providências para que não ocorram brigas. Acho que o futebol está evoluindo nisso”, afirmou o zagueiro Luan.

Um vídeo que circula nas redes sociais há algumas semanas serviu para aumentar a rivalidade entre os torcedores. Logo na chegada ao Rio, o argentino Mancuello provocou o Vasco na gravação. “Vim aqui para jogar no Flamengo, para ser feliz e para ganhar do Vasco”.

Com a proximidade da partida, o gringo aproveitou para explicar o vídeo e pregou respeito ao adversário em meio ao clima para o primeiro encontro do ano.

“Eu queria falar desse vídeo, porque a pessoa me havia dito que era para um amigo dele e depois terminou indo para a internet. Sei da rivalidade que há, mas o clássico não é mais do que uma partida de futebol. São duas equipes que têm grandes jogadores. Futebol é para somar paixão e alegria. O vídeo era supostamente para um amigo, mas não tive a intenção de ofender ninguém, não sou assim. A ideia é apenas desfrutar de um grande jogo, não é sempre que se pode jogar um clássico”, comentou.

Vasco e Flamengo já vivem o clima do duelo do dia 14, mas antes têm outros compromissos pela frente. Na quarta-feira (10), o Cruzmaltino recebe o Volta Redonda, às 19h30 (de Brasília), em São Januário. Já o Rubro-negro encara a Portuguesa, às 21h45 (de Brasília), em Volta Redonda.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir