Dia a dia

Projeto de brasileiras ajuda imigrantes e ganha destaque em concurso global

Imigrantes e refugiados que chegam ao Brasil têm à sua disposição uma nova ferramenta para encontrar entidades de apoio em suas cidades. Se trata do projeto ‘Helping Hand’ (‘Mão Amiga’, em português), uma iniciativa de cinco garotas do Rio Grande do Sul que chegou à semifinal de um concurso internacional de inovação em tecnologia.

Por meio de um website e de um aplicativo para celular, podem ser localizados em todo o Brasil mais de 350 entidades como agências internacionais, centros de apoio, consulados e embaixadas, instituições de ensino de português e órgãos governamentais.

A iniciativa começou com um projeto de pesquisa escolar sobre imigrantes e refugiados no Brasil feito por Aline Weber, Ingrid Baggio, Monique Invernizzi, Luana Bianchi e Laís Roman. As garotas de 17 e 18 anos são estudantes do curso técnico em informática para a internet oferecido pelo Instituto Federal Rio Grande do Sul, no campus Bento Gonçalves.

Segundo Monique relatou, a cidade de Bento Gonçalves é destino de um número crescente de imigrantes, se destacando os haitianos que fogem da situação de instabilidade agravada após o grande terremoto que atingiu o país em 2010.

“Os imigrantes e refugiados que chegam têm muitas dificuldades, como o idioma”, disse. Tendo isso em vista, as garotas transformaram sua pesquisa em uma ferramenta para ajudar os imigrantes e refugiados a se localizar e a encontrar entidades de apoio em todo o Brasil.

As informações do ‘Helping Hand’ estão disponíveis em cinco línguas: português, inglês, espanhol, francês e árabe – idiomas de muitos de imigrantes e refugiados que chegam ao Brasil vindos de países como Bolívia, Haiti e Síria.

O ‘Helping Hand’ /foi um dos dez projetos semifinalistas pela América Latina na competição internacional ‘Technovation’, que estimula o empreendedorismo em tecnologia entre garotas.

“Estamos muito contentes”, disse Monique sobre os resultados do projeto, ainda que não tenham avançado para a final do concurso.
Agora, a equipe busca doações e contatos com entidades para deixar a ferramenta mais completa, disponível em mais idiomas e com um maior banco de dados de entidades de apoio.

O aplicativo Helping Hand pode ser baixado gratuitamente no Google Play. A equipe desenvolvedora está trabalhando para disponibilizar o download em outras lojas de aplicativos.

Para fazer uma doação, acesse o website do projeto.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir