Dia a dia

Programa quer alavancar a educação no Amazonas

Como meta do projeto também esta à redução, de forma uniforme para todas as cidades do Amazonas - foto: Roberto Carlos/Secom

Como meta do projeto também esta à redução, de forma uniforme para todas as cidades do Amazonas – foto: Roberto Carlos/Secom

Na expectativa de melhorar a nota do Amazonas junto ao Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), o governo do Estado lançou nesta segunda-feira o programa Pacto pela Educação, com a proposta de fortalecer o ensino nas redes estadual e municipal do Amazonas.

O evento reuniu prefeitos de 42 municípios, professores, deputados estaduais, secretários de governo, entre outras autoridades, no auditório do Centro de Convenções Vasco Vasques, localizado na Zona Centro-Sul.

As novas medidas que serão implantadas foram anunciadas pelo governador José Melo. Entre as ações está a ampliação, de maneira uniforme para todos os municípios, de 0,2 ponto no Ideb municipal a cada biênio, de modo que cada localidade do Estado alcance o crescimento de 0,6 ponto até o final de 2019.

Como meta do projeto também esta à redução, de forma uniforme para todas as cidades do Amazonas, de 2,0 pontos ao ano da taxa de distorção-idade série, de modo que esta taxa seja reduzida em 8,0 pontos até o final de 2019.

A ampliação em cada município dos índices de aprovação escolar denotam a efetiva aprendizagem dos estudantes. Para essa medida, as metas foram estipuladas de forma individual e específica para cada município, observando as taxas de aprovação que cada localidade vem alcançando desde 2011.

O repasse de materiais de reforço de matemática e outras disciplinas e a formação anual sobre língua portuguesa e matemática para professores; a disponibilizações de simulados para alunos e a aplicação das avaliações do Sadeam (Sistema de Avaliação do Desempenho Educacional do Amazonas) serão algumas das ações.

“Muitos dos nossos jovens são reprovados em universidades devido ao erro na educação de base. No Amazonas estamos querendo corrigir esse problema, oferecendo o suporte necessário para a melhoria da qualidade no ensino. Estamos oferecendo também a modernidade que estará disponível em favor desse pacto. Essa é uma tentativa que acho importante, os municípios precisam ser ajudados, para que possamos alcançar daqui a uns 10 a 15 anos as metas idealizadas por nós. Vou lutar até o final do meu mandado para que  essas condições possam ser transferidas a todas as cidades do Amazonas, pois a educação começa pela base e tem que ser um processo em que todos participem”, disse o governador.

Para o secretário de Estado de Educação (Seduc), Rossieli Soares, o programa é um passo importante para a educação do Amazonas e servirá de exemplo para as demais capitais do país. “A decisão do governador José Melo em unificar o ensino da rede estadual e municipal no projeto com certeza impulsionará a educação no nosso estado. De forma inédita, essa ação vai possibilitar uma atuação integrada com os municípios. Esperamos aprimorar sistematicamente os serviços oferecidos por cada uma das escolas de modo a ampliar os rendimentos e indicadores educacionais”, finalizou.

Por Gerson Freitas

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir