Dia a dia

Programa incentiva alunos a conhecerem o universo das pesquisas e ciências

As palestras fazem parte do Programa de Visitação e Exposição de Cientistas às Escolas Municipais do Programa Ciência na Escola (PCE) - foto: divulgação

As palestras fazem parte do Programa de Visitação e Exposição de Cientistas às Escolas Municipais do Programa Ciência na Escola (PCE) – foto: divulgação

Alunos do Ensino Fundamental de 40 unidades de ensino do município estão participando de palestras com cientistas. A atividade é promovida pela Secretaria Municipal de educação (Semed), em parceria com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) para fomentar a iniciação científica dos estudantes.

As palestras fazem parte do Programa de Visitação e Exposição de Cientistas às Escolas Municipais do Programa Ciência na Escola (PCE), lançado, oficialmente, na manhã desta sexta-feira, 10, no auditório da Semed, no Parque 10 de Novembro, Zona Centro-Sul.

De acordo com a coordenadora do PCE na Semed, Socorro Freitas, a finalidade do programa é despertar nos estudantes o desejo pela ciência por meio do contato com profissionais que atuam em pesquisas. Segundo ela, apesar do lançamento ter sido feito oficialmente nesta sexta-feira, a atividade já é realizada em algumas escolas da rede desde o início de junho.

“Os cientistas vão às escolas apresentar as pesquisas que desenvolveram na carreira acadêmica deles com o objetivo principal de incentivar a vocação científica dos alunos da educação básica da Semed. Nosso objetivo principal é que nossos alunos tenham esse conhecimento e a oportunidade de conhecer, em parte, o que é uma pesquisa cientifica, que, no Brasil, muitas das vezes só era oferecida dentro da universidade”, informou, lembrando que as ações serão encerradas no dia 30 de outubro com uma Feira de Exposição de Cientistas.

Para a subsecretária de Gestão Educacional, Elzeni Trajano, o programa veio para casar com as ações do PCE e tem sido fundamental para o desenvolvimento de projetos científicos dentro das escolas da rede.

“Nós temos percebido que todo esse processo da pesquisa científica dentro das escolas municipais ajuda no desenvolvimento do aprendizado. E com certeza os nossos alunos saem melhor preparados do Ensino Fundamental. É um incentivo a mais porque eles se desenvolvem não só nas áreas de conhecimento, mas saem também com uma visão mais ampla em relação à pesquisa e à ciência”, salientou.

Certificação dos palestrantes

Durante o evento, os cientistas que estão encarregados de ministrar as palestras nas escolas receberam certificado de participação no Programa de Visitação e Exposição de Cientistas às Escolas Municipais.

Dayse Ferreira, bióloga e mestre em Biodiversidade pela Universidade Federal do Amapá, já compartilhou suas experiências em pesquisas científicas com alunos de quatro escolas municipais. Ela acredita que dessa ação podem nascer vários pesquisadores no futuro. Segundo ela, diferente de hoje, em sua época de escola, o contato com pesquisa era muito raro e sua paixão pela ciência nasceu por meio de programas de televisão.

“Eu não tive nenhuma vivência com pesquisadores na época de escola. E agora, nesta nova realidade, percebo que essa vivência pode despertar neles o desejo pela pesquisa, até porque criança gosta de saber das coisas. Elas perguntam o que você faz, para que serve. Então eu acredito sim, que essa nossa participação nas escolas vai influenciar no comportamento e decisões dos alunos. Eu espero que nós tenhamos futuros pesquisadores para o Amazonas”, disse.

Com informações da assessoria de comunicação

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir