Cultura

Programa de web rádio destaca o rock autoral amazonense

Frank Roosevelt critica a falta de divulgação do rock autoral em muitos veículos de comunicação – foto: divulgação

Integrante das bandas Sentapua e Fuzzy, o músico Frank Roosevelt lançará, no próximo sábado (14), às 13h, o programa de web rádio “Rock Show”. Iniciativa sua com o apoio de amigos, a atração será levada ao ar pela Manaus Web Rock (www.manauswebrock.com.br), sempre aos sábados, com foco em bandas autorais da cidade. E, até o final deste mês, ele planeja lançar a versão para web TV do programa, no YouTube ou em outra plataforma.

Frank Roosevelt lembra que já trabalhou em uma empresa de web rádio e o programa de TV aberta com o segmento de rock – no caso, a “Vertical Rock”, na TV Cultura – e, por participar de dois projetos de banda autoral e perceber a carência de divulgação do mesmo segmento, ele decidiu voltar a investir nesse tipo de atividade.

O músico enfatiza que a nova empreitada é voltada apenas para o rock. “Vamos buscar exibir várias vertentes, mas só do segmento rock. Faremos entrevistas, aos poucos vamos incluir promoções. As bandas autorais, de um modo geral, são o incentivo para o ‘Rock Show’”, justifica. E destaca que, levando em conta a quantidade de bandas de rock que existem na cidade, não deverá faltar material para a atração.

Roosevelt conta que o roteiro do “Rock Show” contará com a contribuição de uma equipe que ele está organizando. A apresentação do formato para web rádio será feita por ele próprio, e a da versão para web TV será revezada.

Para o músico, as bandas de rock de Manaus “possuem grande potencial e talento”. “De uns tempos para cá, muitas delas procuram produzir melhor seus EPs e/ou CDs, fazer apresentações de forma mais profissional, com melhores equipamentos. Logicamente, muitas delas ainda precisam melhorar. Mas, já se avançou um pouco, e isso precisamos evidenciar”.

Ele critica a ausência de divulgação desses grupos por parte de muitos veículos de comunicação. “Eu mesmo, que tenho uma banda e um outro projeto musical, busco uma divulgação melhor dela. Já há certo tempo promovo pequenos eventos e até lanço bandas novas, boas inclusive”, comenta.

“Faço isso porque gosto, apesar de não haver valorização por aqui. Mas, como podemos evoluir se não fazemos algo por esta arte?”, questiona. “Outros estilos já têm visibilidade. E, mesmo existindo de forma ‘underground’, o rock aqui na cidade sobrevive, e precisa ser, cada vez mais, difundido”.

Experiências

Editor-chefe do blog “Rock Amazonense”, Rafael Vieira cita as webs rádios Tucupi, Manifesto Norte e Manaus Web Rock como experiências que incluem apoio ao trabalho de bandas de rock locais. A primeira, por exemplo, conta com o programa “Sereia Cultural”, apresentado por Giuliana Sletcher. A atração vai ao ar sempre aos sábados, às 18h, e divulga o trabalho de grupos autorais de diversos ritmos, inclusive o rock.

“Tem sido uma experiência positiva, tanto para as bandas que participam quanto para nós que apresentamos”, diz Giuliana. “No ano passado, conseguimos um alcance maior de audiência quando começamos a incluir transmissões ao vivo pelo Facebook direto de eventos em locais como pubs, por exemplo”, conta a apresentadora.

Para Rafael Vieira, em Manaus há quem produza não apenas rock, mas música de qualidade. “E não é pouca gente não. São grupos que, em sua maioria, não serão conhecidos pela população brasileira simplesmente porque não têm acesso às grandes mídias. Ou seja só vai conhecer essa banda ou artista quem já se interessa por ele”, analisa. “Aí que entram as web rádios, programas feito pelas próprias pessoas que fazem parte desse meio artístico”.

Luiz Otávio Martins
EM TEMPO

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top
error: Content is protected !!