Dia a dia

Profissionais de educação física passam por capacitação em Manaus

O encontro, que ocorreu no auditório da Secretaria Municipal de Educação (Semed) – fotos: Érica Marinho

Profissionais de educação física de Manaus participaram, nesta quinta-feira (16), de uma formação do Programa de Ensino Sistemático das Ciências (Pesc), ministrado pela bióloga Carina Ulian, coordenadora do Pesc Ciências de São Paulo. O encontro, que ocorreu no auditório da Secretaria Municipal de Educação (Semed), acontece até sexta-feira (17) quando será trabalhado o uso da robótica em sala de aula.

Essa é a primeira formação do projeto em 2017 com a proposta de apresentar aos profissionais de educação física os equipamentos de ciências que podem ser utilizados nas escolas. No encontro, os educadores aprenderam a manusear os materiais e brincaram como se fossem os alunos, tirando dúvidas que possam surgir dentro da sala de aula.

Essa é a primeira formação do projeto em 2017

Ulian apresentou aos educadores livros, jogos de memória, jogos de montar e fantoches de dedo. “A nossa ideia é criar um material que sirva de apoio ao professor, para ele educar a criança de forma lúdica, com desenhos e jogos. O nosso público são crianças de 4 e 5 anos e nessa idade a concentração é mínima”, explicou.

Segundo a coordenadora do Pesc Manaus, Risoléia Lopes, partiu dos próprios educadores físicos a necessidade de utilizar os materiais do programa. “Os educadores estão trabalhando em um projeto de corpo humano e perceberam que o material poderia ser utilizado durante as aulas que ensinam como devemos nos alimentar corretamente e sobre o desenvolvimento do corpo humano”, explicou.

Todos os Centros Municipais de Educação Infantil (Cmeis) recebem o material do Pesc, que consiste em cinco estantes com réplicas de partes do corpo humano como olhos, pulmão coração, jogos de tabuleiro, quebra-cabeça, jogos da memória, jogos de dominó, microscópios e lousa digital.

Os profissionais repassam as informações para os professores que vão trabalhar diretamente com as crianças. “Os assessores de educação física trabalham junto com o professor e o aluno para que ele possa de fato perceber que é possível utilizar essas experiências por meio dos jogos e se sinta seguro para trabalhar com as crianças depois que os assessores não estiverem mais presente”, afirma o professor de educação física Edvando Alves.

 

Com informações da assessoria

 

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top