Sem categoria

Professores e técnicos da Ufam decidem hoje em assembleia indicativo de greve

As manifestações nacionais seguem o mesmo horário de uma reunião que acontece em Brasília- foto Gerson Freitas

As manifestações nacionais seguem o mesmo horário de uma reunião que acontece em Brasília- foto Gerson Freitas

Professores e técnico-administrativos da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) decidem em assembleia geral na manhã desta quinta feira (14) indicativo de greve. Os servidores realizaram, mais cedo, um ato no Bosque da Resistência na entrada do Campus universitário, Zona Sul.

Segundo integrante e primeiro secretário do Comando Local de Mobilização (CLM), professor Jacob Paiva, o ato acontece simultaneamente em várias cidades brasileiras e, conta com o apoio de movimentos estudantis.
“A greve não é solução para os problemas e, sim uma resposta para a falta de solução que o governo vem dando para a categoria. Salários baixos, planos e carreira, além da falta de professores e de técnicos para atender a demanda”, disse o professor.

Alguns trabalhadores da educação e do serviço público usaram trajes na cor preta, como formar de demonstrar ‘luto’ contra as medidas atuais adotadas, que de acordo com o professor Jacob Paiva “são precárias”.

As manifestações nacionais seguem o mesmo horário por conta de uma reunião que acontece em Brasília, com representantes do funcionalismo público e o governo Federal para discutir a pauta conjunta dos trabalhadores.

“Se após a deliberação da assembleia geral das 10h de hoje na sede da Associação dos Docentes da Ufam (ADUA) a maioria indicar, faremos a greve”, informou o professor.

Ainda segundo Paiva, o ano letivo da Instituição, que começou há mais de um mês, ainda está com déficit de profissionais. “Queremos ter garantia para trabalharmos com segurança e qualidade. Já vivemos muitos prejuízos na universidade, o calendário escolar é secundário neste momento”, concluiu.

Por Conceição Melquiades (especial EM TEMPO Online)

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir