Sem categoria

Produção industrial do Amazonas continua despencando, aponta IBGE

A produção industrial do Amazonas teve um recuo de 1,1% no mês de junho frente ao mês de maio, segundo dados divulgados nesta sexta-feira (7) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Mesmo assim, na comparação com igual mês do ano passado, houve um incremento de 0,9%. As perdas acumuladas de janeiro a junho, no entanto, já somam 14,8%, e nos últimos 12 meses 11,8%, as mais acentuadas do país.

De modo geral, a produção industrial brasileira caiu, de maio para junho deste ano, em sete dos 14 locais pesquisados pelo IBGE. Além do Amazonas, as principais quedas observadas foram no Rio Grande do Sul (2,3%), Região Nordeste (1,1%), e Santa Catarina (1%), de acordo com a Pesquisa Industrial Mensal-Produção Física Regional.

No mesmo período, também registraram recuo na produção São Paulo (0,8%) – parque industrial mais diversificado do país – Minas Gerais (0,5%) e Rio de Janeiro (0,2%). Os sete estados contribuíram para a queda da média nacional (0,3%).

A produção em Goiás ficou estável e seis estados tiveram alta: Pará (2,9%), Ceará (2,6%), Bahia (2,2%), Pernambuco (1,4%), Espírito Santo (1,1%) e Paraná (0,8%).

Na comparação com junho de 2014, sete dos 15 locais avaliados tiveram queda, com destaque para São Paulo (9,2%). Santa Catarina manteve o índice e sete locais tiveram alta, sendo a maior delas no Espírito Santo (13,3%).

No acumulado do ano, houve queda da produção industrial em 12 locais, com destaque para o Amazonas (14,8%), estabilidade em Mato Grosso e alta em apenas dois estados – Espírito Santo e Pará. Já no acumulado de 12 meses, 11 locais registraram queda, sendo o maior deles registrado no Amazonas (11,8%), e quatro tiveram alta.

Com informações da Agência Brasil

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir