Economia

Produção industrial brasileira tem 14ª queda consecutiva, de 7,6% em abril

A produção industrial brasileira caiu 1,2% em abril frente ao mês anterior, na série livre de influências sazonais (como o número de dias úteis), segundo informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta terça-feira (2). Trata-se da terceira queda consecutiva do indicador.

Quando comparado ao mesmo mês do ano passado, o setor apresentou uma baixa de 7,6%.

Nessa base de comparação foi a 14ª queda consecutiva, renovando a mais longa sequência de baixa já vista na série histórica do IBGE, de 2002.

Economistas e analistas consultados pela agência internacional Bloomberg projetavam uma queda de 1,4% da produção em abril, na comparação ao mês anterior e de 8,1% na comparação com o mesmo mês do ano anterior.

O desempenho ruim se arrasta desde setembro, afetado pela menor demanda doméstica, estoques altos, mercado externo fraco, baixa confiança.

Nos quatro primeiros meses deste ano, a queda acumulada da indústria foi de 6,3%. E nos últimos 12 meses, a produção apresentou uma baixa de 4,8%.

Para enfrentar o ano ruim, uma parte do setor tem colocado trabalhadores em férias coletivas ou mesmo demitido funcionários.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir