Economia

Produção industrial brasileira tem 14ª queda consecutiva, de 7,6% em abril

A produção industrial brasileira caiu 1,2% em abril frente ao mês anterior, na série livre de influências sazonais (como o número de dias úteis), segundo informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta terça-feira (2). Trata-se da terceira queda consecutiva do indicador.

Quando comparado ao mesmo mês do ano passado, o setor apresentou uma baixa de 7,6%.

Nessa base de comparação foi a 14ª queda consecutiva, renovando a mais longa sequência de baixa já vista na série histórica do IBGE, de 2002.

Economistas e analistas consultados pela agência internacional Bloomberg projetavam uma queda de 1,4% da produção em abril, na comparação ao mês anterior e de 8,1% na comparação com o mesmo mês do ano anterior.

O desempenho ruim se arrasta desde setembro, afetado pela menor demanda doméstica, estoques altos, mercado externo fraco, baixa confiança.

Nos quatro primeiros meses deste ano, a queda acumulada da indústria foi de 6,3%. E nos últimos 12 meses, a produção apresentou uma baixa de 4,8%.

Para enfrentar o ano ruim, uma parte do setor tem colocado trabalhadores em férias coletivas ou mesmo demitido funcionários.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2016 EM TEMPO Online. Todos Os Direitos Reservados.

Subir