Economia

Produção de Bicicletas Tem Alta de 22,2% em maio

Estimativa é que a produção total fique entre 700 mil a 800 mil unidades – Foto: Ione Moreno

Segundo dados divulgados pela Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo) em maio foram produzidas 60.195 bicicletas por suas associadas no Polo Industrial de Manaus (PIM), volume 22,2% acima do que o registrado em abril, com 49.275 unidades, e 8,4% superior ao mesmo mês de 2016 (55.546).

Também houve crescimento no acumulado do ano. De janeiro a maio foram fabricadas 255.567 bicicletas, o que mostra alta de 0,9% com relação ao mesmo período de 2016 (253.290).

“Estes volumes retratam uma melhora do contexto econômico nacional, ao mesmo tempo em que as fabricantes aumentam a produção de bicicletas de alto valor agregado”, avalia João Ludgero, vice-presidente do Segmento de Bicicletas da Abraciclo. “O cenário para o segundo semestre, no entanto, ainda depende da observação do que poderá ocorrer no contexto político-econômico do País”, complementa o executivo.

As associadas da entidade haviam projetado para 2017 uma produção total entre 700 mil a 800 mil unidades, volume cerca de 19% superior ao do ano passado, quando saíram das fábricas do Polo Industrial de Manaus (PIM) 669.729 bicicletas.

Importação e Exportação

Segundo os dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) analisados pela Abraciclo, a importação de bicicletas em todo o território nacional totalizou 4.438 unidades em maio. A maioria das bicicletas importadas no período foi produzida basicamente na China, com 3.781 unidades, seguida de Taiwan (453 unidades) e Camboja (88).

Ainda em maio, as exportações de bicicletas produzidas no Brasil tiveram como principal destino o Reino Unido, com 220 unidades.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir