Sem categoria

Produção brasileira de motocicletas cai 16,8% em 2015

Para 2016, a associação projeta um aumento de 2,5% na produção em relação ao ano passado - foto:  Ione Moreno

Para 2016, a associação projeta um aumento de 2,5% na produção em relação ao ano passado – foto: Ione Moreno

A produção de motocicletas, cujo principal polo fica na Zona Franca de Manaus, caiu 16,8% em 2015, segundo balanço divulgado nesta quinta-feira (14) pela Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Bicicletas e Similares (Abraciclo). De janeiro a dezembro do ano passado, foram produzidos 1,26 milhão de motocicletas contra 1,51 milhão no mesmo período de 2014.

Em dezembro último, as indústrias fabricaram 50,6 mil motos, 40,3% menos do que as 84,8 mil produzidas no mesmo mês de 2014. Em relação a novembro, quando foram produzidas 74,9 mil unidades, a queda é de 32,5%. A Abraciclo pondera, no entanto, que dezembro é um mês em que muitas empresas entram em férias coletivas e a produção registra uma redução sazonal.

As vendas no atacado também acusaram queda de 16,8% em 2015. De janeiro a dezembro foram comercializados 1,19 milhão de unidades, enquanto no mesmo período de 2014 foram vendidos 1,43 milhão de motos. Em dezembro, foram vendidos 69,2 mil motocicletas, 39,3% menos do que as 114,1 mil do mesmo mês de 2014. Em comparação com novembro, o número representa uma retração de 1,6%.

Para 2016, a associação projeta um aumento de 2,5% na produção em relação ao ano passado, chegando a 1,29 milhão de unidades. Há ainda expectativa é que as exportações cresçam de 69,1 mil (2015) para 75 mil unidades.

Por Agência Brasil

 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir