Economia

Produção agropecuária soma R$ 481,4 bilhões de janeiro a setembro

Milho está entre as culturas com melhor resultado, com crescimento de 4,2% na produção. foto: Arquivo/Agência Brasil

Milho está entre as culturas com melhor resultado, com crescimento de 4,2% na produção. foto: Arquivo/Agência Brasil

O valor bruto da produção (VBP) agropecuária de 2015 somou, de janeiro a setembro deste ano, R$ 481,4 bilhões, com aumento de 1,3% em relação a igual período do ano passado, descontada a inflação.

De acordo com nota divulgada hoje (15) pela Secretaria de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, a produção agrícola contribuiu com R$ 309, 2 bilhões (+0,8%) e a pecuária, com R$ 172,2 bilhões (+2,2%). O VBP deste ano é o maior da série iniciada em 1989, destaca o coordenador-geral de Estudos e Análises da SPA, José Gasques.

Segundo Gasques, as culturas com melhores resultados são: cebola (+183,6%), pimenta-do-reino (+64,1%), soja (+4,9%), milho (+4,2%), trigo (+1,1%) e algodão (também 1,1%). Na pecuária, os melhores resultados foram para carne bovina (+7,8%), carne suína (+3,2%) e ovos (+1,3%).

Entre os produtos agrícolas com redução do VBP em 2015, destacam-se maçã (-20,8%), uva (-19,5%), tomate (-12,9%), mandioca (-7,7%), amendoim (-5,7%) e laranja (-5,3%). Na pecuária, frango e leite também tiveram queda de faturamento até setembro: de -7,3% e 0,2%, respectivamente.

Nota técnica da Secretaria de Política Agrícola destaca que a presente safra agrícola tem sido marcada por preços mais baixos do que no ano passado, na maioria dos produtos. Nos casos de soja e milho, por exemplo, o aumento de produção compensou a queda de preços, resultando em ganhos no VBP.

Como em levantamentos anteriores, a Região Sul lidera, com VBP de R$ 139,9 bilhões; seguida pelo Centro-Oeste, com R$ 130,3 bilhões; Sudeste, com R$ 121 bilhões; Nordeste, com R$ 47,6 bilhões; e Norte, com R$ 28,4 bilhões. Em ordem decrescente, Mato Grosso, São Paulo, Paraná e Minas Gerais foram os estados que mais produziram no campo.

 

Por Agencia Brasil

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2016 EM TEMPO Online. Todos Os Direitos Reservados.

Subir