Economia

Procura por viagens aéreas domésticas cai 0,6% em agosto

A demanda por viagens aéreas nacionais registrou queda de 0,6% em agosto, em relação ao mesmo mês no ano passado, segundo a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear). A oferta permaneceu praticamente estável na mesma base de comparação, avançando 0,1%.

O levantamento mostra que o fator de aproveitamento das operações, de 78,7% no mês, teve uma queda de 0,6 ponto percentual em agosto. Foram pouco mais de 8 milhões de viagens domésticas no mês passado, alta de 0,9 sobre agosto do ano anterior.

O presidente da Abear, Eduardo Sanovicz, avalia que a alta do dólar e a elevação dos custos das companhias contribuíram negativamente. “A aviação se sustenta pelo crescimento econômico ao mesmo tempo em que induz o desenvolvimento. Romper esse ciclo é muito ruim para o país”, disse.

Houve retração acentuada do público corporativo, predominante no cotidiano da aviação doméstica, um dos efeitos da crise econômica, segundo a Abear.

No acumulado de janeiro a agosto, a oferta teve uma expansão de 2,9%. A procura evoluiu 3,8%. O fator de aproveitamento subiu 0,7 ponto percentual, alcançando 80,3%. O ano registra 63,7 milhões de passageiros transportados, 3% a mais do que no mesmo período de 2014.

 

Cargas

Em agosto, as companhias aéreas transportaram pouco mais de 28 mil toneladas de carga no mercado doméstico, o que representa uma retração de 12,3% em relação ao mesmo mês de 2014. O segmento internacional, por outro lado, teve alta de 11,5%, somando 15,7 mil toneladas transportadas.

No acumulado do ano, o mercado doméstico registra um total de 214,2 mil toneladas de cargas transportadas por via aérea (-8,6%), enquanto mercado internacional soma 112,9 mil toneladas movimentadas (3,9%).

 

Por Agência Brasil

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir