Dia a dia

Prisões por tráfico de drogas chegam a 1,6 mil em cinco meses, diz SSP-AM

Sérgio Fontes destacou que as prisões por tráfico neste ano representam quase a metade do total de prisões em flagrante realizadas pelas polícias - foto: Josemar Antunes

Sérgio Fontes destacou que as prisões por tráfico neste ano representam quase a metade do total de prisões em flagrante realizadas pelas polícias – foto: Josemar Antunes

Nos primeiros cinco meses de 2015, 1,6 mil pessoas foram presas em flagrante por tráfico de drogas pelas Polícias Civil e Militar, com apoio da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). Nesse período, a SSP-AM já registrou a apreensão de 3 toneladas de droga, quantidade 50% maior do que todo o ano passado.

 Quatro toneladas de entorpecentes apreendidos pelas polícias, durante o período de 2012 e 2015 foram incineradas - fotos: Secom


Quatro toneladas de entorpecentes apreendidos pelas polícias, durante o período de 2012 e 2015 foram incineradas – fotos: Secom

 

As informações foram divulgadas nesta quinta-feira (11), pelo secretário de Segurança Pública, Sérgio Fontes, durante a incineração de 4 (quatro) toneladas de entorpecentes apreendidos pelas polícias, durante o período de 2012 e 2015. O procedimento aconteceu na sede da Manaus Limpa – Soluções Ambientais, cumprindo as exigências da legislação ambiental.

Sérgio Fontes destacou que as prisões por tráfico neste ano representam quase a metade do total de prisões em flagrante realizadas pelas polícias, cerca de 44%. No ano passado, esse percentual representava 27,5%.  “A polícia aumentou a qualidade das prisões, prendendo menos pessoas, porém, foram aquelas consideradas mais importantes na cadeia do tráfico de drogas”, disse o secretário.

Ele ressaltou ainda que as prisões e apreensões de drogas feitas em ações integradas pelas Polícias Civil e Militar, com apoio da Secretaria Executiva Adjunta de Inteligência (Seai) da SSP-AM, seguem determinação do governador do Amazonas, José Melo, para combater o tráfico de drogas na capital e em todo o Estado. “Quando eu, Orlando Amaral e o comandante Gouvêa fomos chamados, nós recebemos essa missão de combater o crime organizado, em particular o narcotráfico, que, de certa forma, acaba impulsionando a ação de outros tipos de crimes”, declara Sérgio Fontes.

Ele ressaltou as três grandes apreensões registradas em menos de uma semana. “A última foi da Polícia Militar que aprendeu nessa madrugada 300 quilos de maconha na estada AM-010, sábado e segunda, a Seai aprendeu cerca de 400 quilos”, disse Fontes.

O delegado geral da Polícia Civil, Orlando Amaral, destacou o reforço no combate ao tráfico de drogas neste ano, com a criação do Departamento de Investigação Sobre Narcóticos (Denarc). “Foi um reforço muito grande para o combate a esse crime e com apoio dos demais órgãos de Segurança, estamos conseguindo ter bons resultados”, disse.

Combate na Fronteira – Além das ações que estão sendo realizadas em Manaus, Sérgio Fontes, destacou que a SSP-AM, em parceria com órgãos do governo federal, Exército e Polícia Federal, irá realizar uma operação de bloqueio na região do Rio Solimões. “Nosso objetivo nessa ação é impedir a entrada de drogas no nosso Estado. A ideia não é apreender, muito pelo contrário, as barreiras irão impedir que os traficantes passem com qualquer tipo de substância entorpecente”, destacou.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir