Esportes

Princesa e Fast duelam por vice-liderança no Zamith

A partida tem como mandante o Princesa, porém o time de Manacapuru é obrigado – foto: Ricardo Oliveira

A partida tem como mandante o Princesa, porém o time de Manacapuru é obrigado – foto: Ricardo Oliveira

A 13ª rodada do Campeonato Amazonense 2015 começará em grande estilo. Na tarde deste sábado (2), o estádio Carlos Zamith será palco do confronto entre o segundo e terceiro colocados na competição. Princesa do Solimões e Fast se encaram para definir quem terminará a rodada na vice-liderança do Estadual. A bola rola às 15h (de Manaus).

A partida tem como mandante o Princesa, porém o time de Manacapuru é obrigado a jogar longe de sua cidade e torcida, porque o estádio Gilberto Mestrinho, o Gilbertão, está em reforma há mais de um ano. Sobre isso, o atacante Léo Paraíba afirmou que as constantes viagens para as partidas do Campeonato Amazonense estão deixando a equipe desgastada.

“É complicado todas as vezes ter que viajar para jogar. Fizemos uma viagem longa e cansativa para enfrentar o Nacional Borbense. Agora vamos ter que fazer outra viagem para jogar. Isso é difícil. Se os jogos fossem em Manacapuru, seria melhor para a gente, apesar dos gramados de Manaus estarem bons. Poderíamos descansar mais e ainda teríamos a nossa torcida ao nosso lado. Felizmente, estamos nos acostumando com isso”, declarou Paraíba, ao afirmou que o Tubarão do Norte chegará preparado para o duelo contra o Fast.

“Apesar das viagens que fizemos, essa semana foi muito boa e proveitosa. No último treinamento fizemos um trabalho de dois toques só para manter o corpo em movimento. Não sabemos quem vai entrar em campo, porque o professor não adiantou. Ficaremos sabendo apenas na hora da partida. Acho que essa partida será difícil. O Fast está com um ponto na nossa frente. É uma partida de seis pontos.

Queremos reconquistar a vice-liderança. Nosso time vem numa crescente e esperamos conseguir vencer para manter a boa fase”, afirmou o camisa 11 do Princesa.

Artilheiro do Barezão com nove gols ao lado de Ramon, do São Raimundo, o atacante Edinho Canutama espera, novamente, ajudar a sua equipe a conquistar mais três pontos na competição. Para o jogador, a boa fase é consequência da união do grupo.

“Graças a Deus, estamos vivendo uma boa fase e isso passa confiança para mim e para a equipe toda. Sabemos da dificuldade que enfrentaremos em Manaus, mas temos que passar por ela se quisermos conquistar mais um título”, avaliou Edinho.

Nova filosofia de trabalho

“O duelo contra o Princesa é um confronto direto pela segunda colocação. A vitória nos faz abrir quatro pontos de diferença e vai nos dar confiança para os outros jogos que vamos ter pela frente. Estamos vivendo um momento bom de vitórias e não podemos perder isso. Pretendemos não cometer os mesmos erros do jogo do primeiro turno, quando perdemos para eles. Vamos entrar focados para conseguir um bom resultado”, explicou o camisa 8.

Para a partida de logo mais, Cavalo terá a volta do zagueiro Marcio Abrahão e do lateral-direito Amaral, ambos os atletas estavam lesionados, mas se recuperaram durante a semana. Porém, suas escalações no time titular não foram confirmadas pelo comandante, que preferiu não realizar coletivo no treino de ontem (1) no campo da Ulbra. Na atividade, Cavalo teve a disposição todos os jogadores do elenco.

Mais duas partidas

Neste sábado, outras duas partidas acontecerão em Manaus pelo Estadual 2015. No estádio da Ulbra, o lanterna, Operário encara o Penarol, que necessita da vitória para continuar próximo dos primeiros quatro colocados do Barezão. Já na Colina, o Rio Negro recebe o Nacional Borbense.

Por Thiago Fernando equipe Em Tempo

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir