Esportes

Princesa disputará Série D do Brasileirão

Elenco do Princesa segue treinando para o duelo frente à Chapecoense, pela Copa do Brasil - foto: divulgação

Elenco do Princesa segue treinando para o duelo frente à Chapecoense, pela Copa do Brasil – foto: divulgação

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) oficializou, na tarde de ontem, a ampliação da Série D do Brasileirão. Disputada por 40 clubes até 2015, a competição deste ano terá 68 equipes. Com isso, o Amazonas terá mais um representante no torneio. Atual vice-campeão do Barezão, o Princesa do Solimões se junta ao Nacional na corrida pelo acesso à Terceira Divisão.

Procurado pela Federação Amazonense de Futebol (FAF) na semana passada para ser consultado sobre a possibilidade de disputar a Série D, o Tubarão do Norte comemorou a ampliação do torneio, o qual disputará pela segunda vez na história. Para o colaborador do clube, Raphael Maddy, a confirmação da vaga obriga a diretoria a traçar um novo planejamento.

“Fomos comunicados pela FAF que a CBF havia confirmado mais uma vaga para o Amazonas, e que ela será do Princesa. Isso nos dá tranquilidade para planejar o segundo semestre. Nosso tira-teima vai ser o jogo contra a Chapecoense, em cima dele teremos noção da qualidade do nosso elenco. É claro que vai ser preciso contratar alguns reforços, a Série D é muito difícil, mas com um time ajustado e atuando dentro do Gilbertão, nós podemos chegar longe”, avaliou Maddy.

Ainda sem ter o regulamento divulgado e a fórmula de disputa confirmada pelo diretor de competições da FAF, Ivan Guimarães, a tendência é que as equipes sejam separadas em 17 grupo, com quatro equipes da mesma região em cada. Os 17 primeiros colocados e os 15 melhores segundos avançam à segunda fase, que deve ser disputada em formato mata-mata. (AT)

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2016 EM TEMPO Online. Todos Os Direitos Reservados.

Subir