Sem categoria

Princesa acerta contratação de Pastor, ex-Iranduba

Ex-Iranduba, Pastor chega para reforçar zaga do Tubarão - Foto: divulgação

Ex-Iranduba, Pastor chega para reforçar zaga do Tubarão – Foto: divulgação

Representante amazonense na Copa do Brasil ao lado do Nacional, o Princesa do Solimões vem se reforçando dentro e fora de campo para disputar sua única competição no primeiro semestre. Na tarde dessa quinta-feira (18), o diretor de futebol do Tubarão do Norte, Raphael Maddy, anunciou a contratação do zagueiro Pastor, ex-Rio Negro e Manaus FC. Além dele, no início da semana, a direção alvirrubra já havia divulgado a aquisição do volante Dênis, ex-Nacional.

Com estreia marcada para o dia 17 de março, diante da Chapecoense, o Princesa resolveu apostar em jogadores da terra, entre eles os atacantes Branco, Nando e Edinho Canutama. Para comandar a equipe, o escolhido também foi um velho conhecido: Zé Marco.

Ciente de que será necessário um time forte para passar pela Chapecoense, o Alvirrubro busca agora reforçar o setor defensivo da equipe. Contando apenas com o zagueiro Piru no elenco, o Tubarão do Norte correu para acertar com o zagueiro Pastor. Com boas passagens por Rio Negro e Manaus FC, o atleta chega com o aval de Maddy.

“O Pastor é um zagueiro que conhece o nosso futebol. Precisamos de peças para montar o elenco. Nos clubes em que jogou no Amazonas, sempre foi muito bem. Apesar de não ter muita altura, tem boa impulsão e ótima saída de bola”, disse Maddy, ao revelar que na próxima semana outros zagueiros devem ser anunciados.

Ex-Nacional

Além de Pastor, Zé Marco recebeu outro reforço para a temporada. Bicampeão Amazonense pelo Nacional em 2014 e 2015, o volante Dênis defenderá o Princesa em 2016. Com características de marcação, o atleta deve ser titular junto com Amaral na contenção da equipe.

Maddy revelou que Dênis foi um dos primeiros jogadores a ser procurado ainda em janeiro, porém, sua contratação era complicada, já que ele estava defendendo o Paracatu-DF.

“Na verdade, desde o início do ano buscamos a contração do Dênis. Era um dos jogadores que estava em nossa lista, porém, ele estava no futebol de Brasília e encontramos dificuldades para acertar. Mas sempre trabalhamos para trazê-lo. É um jogador experiente. Joga em uma posição onde passa muita a bola. Ele tem qualidade no passe e experiência. Essa maturidade será passada para os demais jogadores do elenco”, analisou o dirigente.

Sobre a possibilidade de realizar o confronto da Copa do Brasil em Manacapuru, Maddy revelou que está dependendo do alvará do Corpo de Bombeiros e a liberação dos engenheiros responsáveis para articular a confirmação da partida contra o Chapecoense no estádio Gilberto Mestrinho, o Gilbertão.

Por Thiago Fernando

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir