Cultura

Primeira noite do Boi Manaus reúne 50 mil pessoas na avenida Itaúba

Aproximadamente 50 mil pessoas estiveram presentes na primeira noite do Boi Manaus na zona Leste. foto: Mário Oliveira

Aproximadamente 50 mil pessoas estiveram presentes na primeira noite do Boi Manaus na zona Leste. foto: Mário Oliveira

 

A primeira noite do Boi Manaus 2015,que teve início às 18h desta sexta-feira (23) reuniu um público de aproximado de 50 mil pessoas na avenida Itaúba, Jorge Teixeira, zona Leste. À meia noite, uma queima de fogos, com duração de 5 minutos, contagiou os presentes na hora dos “Parabéns a Manaus”, que foi apresentado pelo levantador de toadas Klinger Araújo. No ano passado, quando o circuito de trios estreou, mais de 20 mil pessoas passaram pelo local. O evento é realizado pela Prefeitura de Manaus, sob a coordenação da Fundação Municipal de Cultura, Eventos e Turismo.

“Temos que comemorar esses 346 anos de história que Manaus carrega. Não tem crise que nos intimide. Mesmo em um ano de recessão, estamos fazendo uma festa linda, trouxemos parte dela para a zona Leste e levamos a outra ponta para o famoso cartão postal da cidade, que é a Ponta Negra. Tenho certeza que Manaus, minha terra, meu amor, tem um futuro glorioso pela frente”, afirmou o prefeito Arthur Virgílio Neto, que subiu ao trio para parabenizar a cidade.

Para o diretor-presidente da Manauscult, Bernardo Monteiro de Paula, o saldo positivo de eventos desse porte reflete no quantitativo de público, organização e segurança. “Transcorreu tudo conforme o planejado. Algumas atrações inovaram este ano, trazendo até mesmo apresentação cênica à frente do trio, acompanhando e interagindo com o público”.

Klinger Araújo fez um show em família, pois esposa e o filho também participaram da apresentação. Já Tony Medeiros apresentou Dilemar Cardoso, a nova sinhazinha do Garantido, um dos principais itens do Festival Folclórico de Parintins, que dançou em cima do trio. A jovem, de 23 anos, enfrentou oito finalistas e foi eleita para o cargo na semana passada.

Edilson Santana, Carlos Batata – que trouxe a participação especial do cantor Jardell Bentes (Kuarup) – e Junior Paulain também se apresentaram para um público animado que sustentou as coreografias até o fim do evento, acompanhando o trio.

“Este e o segundo ano que venho. Para mim é muito importante essa valorização da Zona Leste, que é a que tem mais gente em Manaus”, afirmou a estudante Jacqueline Oliveira da Silva. O namorado dela, Railson Sousa Costa concorda. “Penso que Manaus não é feita de um só lugar. Então, privilegiar uma zona de cada vez seria o ideal”, sugeriu. Ambos são moradores do bairro Jorge Teixeira.

 

Organização e segurança

Mais de 500 pessoas trabalharam na operacionalização do Boi Manaus 2015, na zona Leste, o que garantiu a realização da festa sem graves ocorrências. A integração entre órgãos municipais e estaduais também foi destacado como fundamental para o sucesso da festa, segundo o diretor-presidente da Manauscult, Bernardo Monteiro de Paula.

Estiveram envolvidos no evento agentes das secretarias municipais de Trabalho, Empreendedorismo, Abastecimento, Feiras e Mercados (Semtef); Limpeza Urbana (Semulsp), com coleta seletiva, catadores e varrição; da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos (Semmasdh), com a sensibilização contra a exploração do trabalho infantil e sexual; Samu e Guarda Municipal. Também atuaram os órgãos do Estados como Secretaria de Estado da Saúde (Susam), Polícia Militar e Corpo de Bombeiros.

 

Com informaçoes da Assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir