Política

Primeira dama Marcela Temer lança programa ‘Criança Feliz’

Marcela atuará como uma espécie de embaixatriz do projeto, sem receber remuneração – foto: divulgação

Marcela atuará como uma espécie de embaixatriz do projeto, sem receber remuneração – foto: divulgação

Em seu primeiro discurso público, a primeira-dama Marcela Temer escolheu adotar um tom emotivo e reconheceu nesta quarta-feira (5) que as responsabilidades do novo governo federal “aumentam a cada dia”.

No evento de lançamento do programa social Criança Feliz, no qual atuará como uma espécie de embaixatriz, ela explicou que trabalhará de maneira voluntária, sem receber remuneração, e ressaltou a importância de colaborar com iniciativas sociais.

Para que a mulher participe do programa federal, o presidente Michel Temer disponibilizou a ela um gabinete no Palácio do Planalto, com vista privilegiada para a Praça dos Três Poderes, que antes era ocupado pelo assessor especial Rodrigo Rocha Loures.

“Cada brasileiro importa para o desenvolvimento do país. Nossas responsabilidades aumentam a cada dia e nossos desafios também. Meu trabalho será voluntário, para mobilizar setores da sociedade em torno de ações para garantir melhoria na vida das pessoas”, disse.

Em um discurso em tom pausado e professoral, a primeira-dama, que é mãe do filho caçula do presidente, lembrou do papel dos pais no desenvolvimento das crianças e ressaltou a importância do cuidado na primeira-infância, até os três anos de idade.

“O momento mais importante para as habilidades humanas é o dos primeiros meses de vida. Esse sentimento os guiará por toda a vida. Cada dia que conversamos com nossos filhos pequenos, carregamos nos braços e cantamos uma canção de ninar, estamos ajudando em seu desenvolvimento”, afirmou.

Segundo ela, os cuidados na primeira infância também ajudam a inibir comportamentos futuros agressivos e violentos. “O programa na sua plenitude atenderá ao longo do tempo milhões de pequenos e pequenas”, disse.
A iniciativa é destinada a crianças de até três anos cujas famílias fazem parte do Bolsa Família. A ideia é que elas tenham acompanhamento médico, pedagógico e psicológico permanentemente.

A função da primeira-dama será de mobilização, promovendo eventos e reuniões com estados e municípios. O programa terá R$ 285 milhões no Orçamento de 2017.

Em discurso, o presidente afirmou que a participação de Marcela no Criança Feliz tem como objetivo incentivar as prefeitas, governadoras e primeiras-damas a se envolverem na iniciativa.

“A Marcela vai um dia convidar as senhoras primeiras-damas e prefeitas para estarem em Brasília para que não seja apenas um programa da União, mas também da Federação”, disse.

Gustavo Uribe
Folhapress

1 Comment

1 Comment

  1. Net

    6 de outubro de 2016 at 16:33

    Bela recatada e esperta!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir