Mundo

Primeira Cúpula Humanitária reúne 50 líderes mundiais em Istambul

A cidade turca de Istambul recebe hoje (23) e amanhã a 1ª Cúpula Humanitária Mundial (WHS, a sigla em inglês), uma iniciativa da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre os principais desafios mundiais e resposta às crises.

Mais de 50 líderes mundiais dos quatro continentes e mais 5 mil intervenientes participam do encontro, entre eles a chanceler alemã Angela Merkel, que deverá manter contato com o novo primeiro-ministro turco, Binali Yildirim.

O principal programa da cúpula inclui sete mesas-redondas temáticas, com a participação dos líderes mundiais, baseadas em um relatório do secretário-geral da ONU sobre o atual “estado do mundo”. Numa sessão plenária vão ser apresentadas as linhas de ação e os compromissos concretos comuns, com o objetivo de garantir a Agenda para a Humanidade 2030 e outros objetivos.

As mesas-redondas entre os dirigentes políticos presentes na WHS – da qual também participam representantes da sociedade civil e do setor empresarial – vão abordar temas diversos como a prevenção e o fim de conflitos, o respeito pelas leis da guerra, nova abordagem à crise de refugiados e deslocados, ações catalisadoras para garantir a igualdade de gênero, a resposta aos desastres naturais e alterações climáticas, as formas de “mudar a vida das pessoas” e os meios de promover um “investimento humanitário” sustentado.

No encontro está previsto o lançamento do Grande Pacto, uma proposta das Nações Unidas sobre ajuda humanitária, incluída no relatório de janeiro entregue ao secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon – “Demasiado importante para falhar: abordar as necessidades do financiamento da ajuda humanitária”.

A União Europeia já anunciou que vai pedir, durante a cúpula, a criação de uma parceria global destinada a melhorar a eficácia do sistema de ajuda humanitária.

O programa deste primeiro encontro humanitário mundial prevê ainda a realização de 15 sessões especiais sobre temas como os desafios da educação à proteção de jornalistas e o o desenvolvimento de iniciativas estratégicas.

Entre os contatos bilaterais, à margem da cúpula, está confirmado para hoje um encontro entre o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, e o primeiro-ministro da Grécia, Alexis Tsipras.

Por Agência Lusa

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir