Esportes

Primeira Copa Diego Trindade de Jiu-Jítsu leva mais de 3 mil pessoas no Ginásio Bergão

luta

500 lutadores se enfrentando em quatro tatames pela primeira edição da Copa Diego Trindade de Jiu-Jítsu – foto: divulgação

Em pouco mais de oito horas, aproximadamente, o público de mais de 3 mil pessoas, conforme os organizadores, acompanhou 500 lutadores se enfrentando em quatro tatames pela primeira edição da Copa Diego Trindade de Jiu-Jítsu. Realizada no sábado, 9, no Ginásio Ninimberg Guerra, bairro São Jorge, Zona Oeste de Manaus, a  competição teve o apoio da Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer (Semjel).

O evento homenageou o lutador Diego Trindade, morto em dezembro de 2011, em tentativa de roubo após retornar de treino de Jiu-Jítsu no conjunto Dom Pedro, zona Centro-Oeste.

De acordo com o Waldomiro Trindade, 58, pai de Diego e um dos organizadores do evento, a copa é a continuação do sonho de seu filho. “Essa primeira Copa Diego Trindade de Jiu-Jítsu é a realização de um sonho que Diego tinha. Queremos eternizar a memória do nosso filho”, contou o pai.

Os três melhores colocados de cada categoria receberam medalhas e as melhores academias foram premiadas com troféus. A categoria Faixa Preta Absoluto teve valor em dinheiro como prêmio.

Campeã lutando por uma categoria acima da sua, a super-pesado (89,3 kg) Débora Alves, 15, garantiu o título das pesadíssimas (100,5 kg) Adulto pela faixa Branca. “Estava nervosa por lutar com lutadoras de uma categoria acima da minha. Mas com muita dedicação e empenho consegui garantir mais essa vitória”, declarou a atleta da academia Gaúcho Top Team.

O faixa Azul pela equipe Elvys Damasceno, Jeriel Nunes, 16, compete há seis anos pelo Jiu-Jítsu e já garantiu campeonatos brasileiros e um terceiro lugar no mundial da modalidade. “É muito difícil competir fora do Amazonas, precisamos de muito trabalho para conseguir a passagem. Mas com certeza é muito gratificante quando nos tornamos campeões”, disse o atleta que luta pela categoria Galo (53 kg).

Para o secretário da Semjel, Sildomar Abtibol, a competição homenageia um cidadão que incentivava o esporte no Estado. “É muito importante quando temos pessoas como o Diego Trindade, que desenvolvia um trabalho voltado ao esporte sendo homenageado e reconhecido. Isso é válido por ser um trabalho capaz de incentivar e livrar as crianças da criminalidade”, concluiu Abtibol.

Com informações da assessoria de comunicação

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2016 EM TEMPO Online. Todos Os Direitos Reservados.

Subir