Esportes

Primeira Copa Diego Trindade de Jiu-Jítsu leva mais de 3 mil pessoas no Ginásio Bergão

luta

500 lutadores se enfrentando em quatro tatames pela primeira edição da Copa Diego Trindade de Jiu-Jítsu – foto: divulgação

Em pouco mais de oito horas, aproximadamente, o público de mais de 3 mil pessoas, conforme os organizadores, acompanhou 500 lutadores se enfrentando em quatro tatames pela primeira edição da Copa Diego Trindade de Jiu-Jítsu. Realizada no sábado, 9, no Ginásio Ninimberg Guerra, bairro São Jorge, Zona Oeste de Manaus, a  competição teve o apoio da Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer (Semjel).

O evento homenageou o lutador Diego Trindade, morto em dezembro de 2011, em tentativa de roubo após retornar de treino de Jiu-Jítsu no conjunto Dom Pedro, zona Centro-Oeste.

De acordo com o Waldomiro Trindade, 58, pai de Diego e um dos organizadores do evento, a copa é a continuação do sonho de seu filho. “Essa primeira Copa Diego Trindade de Jiu-Jítsu é a realização de um sonho que Diego tinha. Queremos eternizar a memória do nosso filho”, contou o pai.

Os três melhores colocados de cada categoria receberam medalhas e as melhores academias foram premiadas com troféus. A categoria Faixa Preta Absoluto teve valor em dinheiro como prêmio.

Campeã lutando por uma categoria acima da sua, a super-pesado (89,3 kg) Débora Alves, 15, garantiu o título das pesadíssimas (100,5 kg) Adulto pela faixa Branca. “Estava nervosa por lutar com lutadoras de uma categoria acima da minha. Mas com muita dedicação e empenho consegui garantir mais essa vitória”, declarou a atleta da academia Gaúcho Top Team.

O faixa Azul pela equipe Elvys Damasceno, Jeriel Nunes, 16, compete há seis anos pelo Jiu-Jítsu e já garantiu campeonatos brasileiros e um terceiro lugar no mundial da modalidade. “É muito difícil competir fora do Amazonas, precisamos de muito trabalho para conseguir a passagem. Mas com certeza é muito gratificante quando nos tornamos campeões”, disse o atleta que luta pela categoria Galo (53 kg).

Para o secretário da Semjel, Sildomar Abtibol, a competição homenageia um cidadão que incentivava o esporte no Estado. “É muito importante quando temos pessoas como o Diego Trindade, que desenvolvia um trabalho voltado ao esporte sendo homenageado e reconhecido. Isso é válido por ser um trabalho capaz de incentivar e livrar as crianças da criminalidade”, concluiu Abtibol.

Com informações da assessoria de comunicação

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir